SSP: Krummenacher na MV Agusta em 2020

Por a 5 Novembro 2019 15:00

Randy Krummenacher anunciou oficialmente os seus planos para a temporada 2020, apenas quatro dias depois de se tornar o campeão SSP de 2019. O piloto suíço permanecerá na classe média, mas a marca vai mudar, da Yamaha para a MV Agusta Corse.

Este será o terceiro fabricante que Krummenacher representa na série, depois de fazer a sua estreia a bordo de uma Kawasaki ZX-6R antes de encontrar tremendo sucesso em duas temporadas com a Yamaha YZF R6 da Bardahl Evan Bros.

Krummenacher chegará à equipa italiana com a placa número 1 e como um dos grandes favoritos ao título de 2020. Depois de duas temporadas positivas, mas às vezes desiguais da série (2016 e 2018), tudo acabou em bem para o piloto de 29 anos em 2019.

Quatro vitórias e três segundos nas primeiras sete corridas deram a Krummenacher uma vantagem confortável na classificação sobre os seus principais rivais, com um resultado final de quinto suficiente para conseguir o ouro no Qatar.

Entretanto, a MV Agusta esteve representada no pódio das SSP duas vezes esta temporada, com Raffaele De Rosa ocupando uma segunda posição em MotorLand Aragón (após uma feroz batalha com o próprio Krummenacher) e um terceiro em Ímola. A sua última vitória foi graças a Roberto Rolfo, na Ronda Australiana de 2017.

Será precisamente em Phillip Island que o campeão das SSP de 2019 fará a sua estreia oficial a bordo da MV Agusta F3 675; a Ronda Australiana é uma das favoritas de Krummenacher, tendo conquistado duas vitórias e um segundo lugar em três visitas – tanto ele como a MV Agusta estarão ansiosos para continuar a sequência.

Essa primeira corrida é daqui a quatro meses, mas Krummenacher mal pode esperar para começar:

“Estou muito satisfeito por ficar em Supersport, uma categoria de que realmente gosto e que sei que pode continuar a trazer-me satisfação real. Será um grande desafio para a MV Agusta e, com o profissionalismo de Andrea Quadranti e sua equipa, tenho a certeza de que seremos capazes de fazer um bom trabalho, com o objetivo de vencer o campeonato novamente na próxima temporada. Agradeço a Andrea Quadranti pela oportunidade que ele me está a dar e pela fé que depositou em mim. Agora mal posso esperar para testar a moto no final de novembro em Jerez.”

O chefe da equipa, Andrea Quadranti, também demonstrou apreço por ter a bordo o campeão do mundo: “Tenho o prazer de receber o piloto na nossa equipa, além de ser um compatriota, uma pessoa que eu realmente respeito. Segui Randy com interesse por anos e, finalmente, tivemos a oportunidade certa de embarcar numa jornada juntos. A temporada de 2019 acaba de concluir, mas já estamos a trabalhar para melhorar o nosso pacote técnico e dar à Krummenacher a chance de competir no topo com os melhores pilotos no próximo ano. Mais tarde, em Novembro, realizaremos testes iniciais em Jerez.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png