CNV: Chuva abençoou celebração de Ivo Lopes

Por a 13 Novembro 2018 13:30

Com as adversas condições climatéricas a condicionarem todo o fim‑de‑semana de encerramento da edição de 2018 do Campeonato Nacional de Velocidade, por força das fortes chuvas que se abateram sobre Portugal Continental, ‘desceu o pano’ sobre o campeonato.

Com o Circuito do Estoril sem as condições de segurança devidas, a prova final de época acabou mesmo por não se realizar. Situação que fez Ivo Lopes conquistar o título na categoria superbike mesmo sem sair para a grelha de partida.

“A chuva impediu a realização das corridas. Os comissários e a organização do Motor Clube do Estoril tudo fizeram para que fosse mesmo possível entrar em pista, como aconteceu anteriormente, mas não estavam reunidas as condições de segurança mínimas tal a quantidade de água que caiu de forma ininterrupta durante algumas horas”, disse Ivo Lopes que aos comandos da sua Yamaha R1 conquistou o primeiro título na principal classe do campeonato.

“Foi um ano que começou demasiado tarde para nós e por isso sentimos mais dificuldades na primeira corridas. Porém quando tivemos a nossa moto com um bom nível competitivo conseguimos vencer quatro das seis corridas realizadas e fomos segundos nas outras duas. Foi pena o evento ter sido cancelado, pois queríamos celebrar esta vitória com a derradeira bandeira de xadrez do ano”, sublinhou o campeão europeu de Superstock 600 em 2016.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png