TT: Rali de Marrocos apresentado no Algarve

Por a 16 Abril 2019 10:19

A edição de 2019 do Rali de Marrocos, uma das maiores e mais importantes maratonas de todo-o-terreno da actualidade, foi apresentada em Almancil no decorrer da Baja Loulé por David Castera, gestor da ODC Events o actual organizador desta grande prova africana, que esteve em Portugal para revelar as novidades deste tão aliciante desafio.

O Rali de Marrocos, jornada a contar para o Mundial de Cross Country e Ralis, assumiu em 2018 uma nova identidade pelas mãos de David Castera, pretende ser uma prova com características singulares que permita a cada participante desfrutar do prazer de pilotar em paisagens fantásticas, mas sempre com um elevado nível de profissionalismo e com todas as comodidades e acessibilidades para que os pilotos possam viver uma aventura única.

Para a edição de 2019, o organizador pretende manter as premissas que pautaram o Rali de 2018 e levar a cabo uma corrida adaptada a pilotos amadores que querem participar pela primeira vez num rali raid. Assim, os sectores selectivos mais curtos para a Enduro Cup, SSV e Autos Open permitem que os concorrentes menos experientes possam embarcar nesta aventura tornando mais simples a ultrapassagem dos terrenos mais exigentes. Para a categoria Enduro Cup será ainda disponibilizado um instrutor que estará presente todos os dias para ajudar e acompanhar os pilotos durante toda a aventura.

Para David Castera a apresentação desta prova em Portugal assume grande relevância devido à enorme adesão dos pilotos portugueses na edição anterior do evento marroquino.

“Viemos a Portugal porque no ano passado tivemos a participação de bastantes pilotos portugueses que gostaram do formato que preparámos para o Rali e ao qual queremos dar continuidade. Temos uma prova que, por um lado, faz parte do Mundial de Cross Country e Ralis, mas por outro existe também uma grande preocupação em cativar os amadores para uma prova que seja prazerosa, mas com custos relativamente reduzidos e que permita o convívio com os grandes nomes e equipas da modalidade. Para este ano vamos ter como novidade um ‘bivouac’ sem hotéis durante os três dias correspondentes à segunda, terceira e quarta etapas sendo que a partida e chegada continuará a ser em Fez. Vamos também ter um pouco menos de quilómetros por etapa para os amadores quer para os profissionais. O objectivo é que possam ter mais tempo livre e danificarem menos as suas máquinas. Outra mudança que vamos fazer é fornecer em duas etapas um ‘road book’ já preparado, como os navegadores o costumam fazer, mas que será entregue apenas 15 minutos antes da partida. Sabemos que a receptividade dos pilotos e das equipas portuguesas tem sido muito interessante e queremos que continuem a vir e se possível em maior número para uma prova que fica relativamente perto de Portugal”, revelou o francês

O Rali de Marrocos terá lugar entre os dias 3 e 9 de outubro em Marrocos.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas TT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png