Dakar: Lista de baixas com candidatos ao pódio

Por a 29 Dezembro 2016 10:17

O Dakar 2017 arranca já no dia 2 de janeiro em Assunção, capital do Paraguai. É a estreia da grande maratona sul americana no Paraguai. À partida para a 39ª edição da prova, muitos são os pilotos que por lesão ficam de fora da prova que prepararam ao longo de todo o ano, uma lista onde Kevin Benavides, um dos pilotos da Honda e candidato a um lugar no pódio é o nome mais sonante.

Benavides lesionou-se num treino realizado no México, partiu um braço e perde a prova onde em 2016 foi uma das surpresas.

Já na equipa da KTM, Antoine Meo, não vai poder ajudar o seu companheiro de equipa, Toby Price, a revalidar o título alcançado em 2016. Meo não está totalmente recuperado de uma lesão que contraiu na última edição do Dakar e fica de fora da prova sul americana. O mesmo acontece com Ivan Ramirez, o jovem mexicano da KTM que tinha estreia marcada para o Dakar para 2017, foi vitima de febre tifóide no Rally de Marrocos e não conseguiu recuperar para estar à partida da maratona sul americana.

Outra das baixas mais mediáticas deste Dakar é o chefe espanhol com uma estrela Michelin, Nandu Jubany. Este conhecido apaixonado pelas provas de todo o terreno preparava-se para cumprir o sonho de uma vida participando no Dakar, contudo uma queda num último treino em Marrocos, acabou com uma fratura no braço esquerdo e o adiar do sonho deste chefe de Barcelona.

Mais complicada é a razão da ausência de Anastasiya Nifontova. A russa da equipa Husqvarna, uma das candidatas ao pódio na sua categoria, viu um teste anti doping realizado no final do Rally de Marrocos dar positivo e acabou por ser suspensa Federação Internacional de Motociclismo.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Dakar
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png