BMW desenvolve sistema de circulação autónoma e demonstra numa R 1200 GS

Por a 13 Setembro 2018 16:56

A marca bávara tem sido ao longo das últimas décadas percursora na adopção de novas tecnologias nas suas motos. Já em 1988 a BMW foi a primeira companhia a montar sistemas de controle de travagem, vulgo ABS, nas suas motos. Em 2009 a BMW dotou a sua superdesportiva S 1000 RR de um sistema de ABS com controle dinâmico de tração. Mais tarde em 2014 a BMW introduziu uma nova tecnologia de ABS em curva “ Cornering ABS “ novamente na sua S 1000 RR.

Todas as evoluções tecnológicas desenvolvidas pela BMW, sem dúvida disruptivas e inovadoras, têm vindo sucessivamente a ser adoptadas pelas várias marcas do sector, contribuindo assim para um aumento da segurança de condução em estrada e em pista por todo o mundo.

Seguindo a tradição na evolução tecnológica e introdução de maior sofisticação nas suas motos a BMW acaba novamente de surpreender a indústria com a apresentação de um sistema de circulação autónoma montado num modelo emblemático da marca, uma BMW R 1200 GS.

Perante uma multidão de jornalistas a BMW R 1200 GS surpreendeu tudo e todos efectuando um percurso de forma autónoma, curvando, travando e acelerando, sem qualquer intervenção, num percurso estabelecido em Miramas, no sul de França, onde decorreu a apresentação.

Todo o desenvolvimento foi realizado pela equipa do engenheiro da BMW Stefan Hans e a BMW R 1200 GS arranca, acelera, curva, percorre um determinado percurso, trava e pára totalmente de forma autónoma, tal como referido no relatório da BMW Motorrad.

Claro que outras iniciativas podem ser comparáveis com a tecnologia agora desenvolvida pela BMW como é o caso do MOTOBOT da Yamaha, um piloto robot que chegou a desafiar os tempos em pista do próprio Valentino Rossi numa R1.

O objectivo da BMW não é porém o de desenvolver uma moto totalmente autónoma mas sim desenvolver novas tecnologias que possam vir a ser utilizadas em motos no futuro de forma a garantir maior seurança e conforto assim como maior prazer na sua condução.

Para além da apresentação da moto autónoma a BMW fez também referência a outras tecnologias que em paralelo tem vindo a desenvolver :

– Iluminação frontal direcional em curva.

– Iluminação frontal de tecnologia Laser

– Novos quadros totalmente fabricados através de impressão 3D inclusivamente o próprio braço oscilante.

A BMW adiantou também informação sobre o rápido avanço das tecnologias digitais e as suas consequências no futuro do motociclismo, sobretudo a nível da comunicação em tempo real entre veículos no sentido de melhorar a segurança da circulação de veículos de duas rodas, realidade que a BMW Motorrad também beneficia da relação próxima que tem com o seu sector de produção de automóveis.

Veja agora o filme da experiência realizada com a BMW R 1200 GS “Autonomous”

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png