As Motos japonesas podem vir a ser mais baratas – Obrigado Mr. Trump

Por a 20 Julho 2018 14:00

A União Europeia eliminou as taxas sobre as motos importadas do Japão, entre outros produtos, para que seus preços possam ser menores. Esta situação é muito diferente daquela que existe atualmente entre a Europa e os EUA de Donald Trump, no meio a uma guerra comercial.

A União Europeia e o Japão chegaram a um acordo histórico pelo qual quase todas as taxas são eliminadas nos produtos que comercializam. Um dos produtos que se beneficiam são as motos fabricadas no Japão, isto é, nas motos importadas do Japão será eliminada uma das suas barreiras mais importantes na Europa.

Como esperado, esta eliminação de taxas pode ser transferida para os preços das motos japonesas, e termos a motos da Honda, Kawasaki, Suzuki e Yamaha com preços mais baratos, assim como nos seus acessórios e peças de reposição. Ou seja, essas reduções podem-se traduzir em economias de até € 1.000 em alguns modelos. É necessário esclarecer que não será em todos os modelos, pois existem alguns que são fabricados na Europa e em outros países que não o Japão.

Não será uma eliminação imediata e ainda levará cinco anos para que desçam progressivamente até serem eliminados .

E tudo isto acontece por motivo de uma guerra comercial, entre Trump e a Europa, com o  aumento dos impostos sobre as importações de alumínio e aço não-americano, medida que já afeta negativamente as importações europeias de motos Harley-Davidson e Indian , agora com tarifas muito mais altas do que antes como uma medida de retaliação.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png