MotoGP, 2020: A vantagem das concessões

Por a 18 Junho 2020 14:30

 

É um ponto óbvio que as concessões da KTM e da Aprilia lhe dão uma vantagem muito real nesta situação de confinamento: É que, como parte das concessões a equipas menos desenvolvidas, os seus seis pilotos serão os únicos a ter a oportunidade de rodar com as suas máquinas de MotoGP antes da ronda inaugural.

Estas rondas extra de testes poderão permitir-lhes colmatar algumas das lacunas para as quatro fábricas à sua frente no ranking do Campeonato do Mundo de MotoGP.

Portanto, certamente em 2020, estas concessões de testes oferecem mais vantagem do que nunca. Nestes tempos sem precedentes, simplesmente ter a oportunidade de andar de moto de MotoGP antes da ronda inaugural em Jerez vai ser uma grande ajuda.

Mike Leitner, chefe técnico da KTM Red Bull Factory Racing, também concorda, dizendo que é “muito positivo” que Pol Espargaró e Brad Binder, além de Miguel Oliveira e Iker Lecuona da KTM Tech 3, tenham a oportunidade de testar no Circuito Mundial de Misano Marco Simoncelli na próxima semana.

No entanto, o austríaco vai aguardar até Domingo à noite, no dia 19 de Julho, depois do Grande Prémio de Espanha, para se pronunciar sobre a vantagem.

Ao contrário da Honda, Ducati, Yamaha e Suzuki, tanto a KTM como a Aprilia podem testar livremente quando quiserem, além de poderem fazê-lo com os seus pilotos oficialmente contratados.

O único fator limitativo são os 120 pneus que lhes foram atribuídos pela Michelin para o ano civil. Assim, os quatro pilotos da KTM, e Aleix Espargaró, da Aprilia Gresini, podem participar no teste da próxima semana em Misano.

“Claro que isto é algo que é muito positivo”, disse o team manager da KTM, Mike Leitner. “Nós e a Aprilia temos isto, mas, no final, no fim de semana de corrida muitos pilotos serão rápidos. Com certeza, não é uma desvantagem.”

“Pol e Brad mais a equipa da Tech 3 virão, para termos os quatro pilotos na pista, por isso estamos contentes por poder continuar o nosso desenvolvimento com os quatro pilotos. Simplesmente não é possível fazer outro teste antes da primeira ronda, mas isto já será suficiente.”

“Vamos enfrentar Misano de uma forma diferente porque está completamente refeito e não sabemos como será a pista com o novo asfalto. É um teste importante para a Michelin também, eles estão extremamente felizes por nós e a Aprilia estarmos lá. Será uma ajuda, claro, para o fim de semana do GP. Em particular, para os rookies, é bom para eles andarem antes dos dois GPs lá.

“Esta temporada será muito especial com muitas corridas consecutivas, por isso os pilotos vão precisar de uma boa estratégia para ter um ano forte. Mas estamos ansiosos por começar. Acho que é um calendário justo com muitas pistas de corridas com características diferentes. Será uma nova experiência para todos: pilotos e fabricantes. Temos uma formação bastante jovem, por isso, para a nossa equipa, isto é muito bom, eles têm a oportunidade de repetir uma corrida apenas uma semana depois da primeira. Será interessante ver o progresso, em particular com os jovens.”

A KTM e a Aprilia vão juntar-se no Circuito Mundial de Misano Marco Simoncelli ao piloto de testes da Ducati, Michele Pirro, na penúltima parte dos testes de MotoGP antes de 2020 arrancar na quarta-feira, dia 15 de Julho, num teste de um dia antes da ronda inaugural da temporada.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x