MotoGP: Honda com pior resultado desde 1982

Por a 18 Abril 2019 10:48

Equipa que tem dominado o Mundial de MotoGP nos últimos largos anos, a Honda viveu um fim de semana para esquecer no Grande Prémio das Américas, terceira ronda da temporada de 2019.

Das quatro motos que tem na atual grelha de partida, o construtor nipónico apenas viu uma máquina completar a corrida, no caso a ‘montada’ de Takaaki Nakagami, piloto da satélite LCR Honda, e num modesto 10º posto. Já os restantes pilotos da asa dourada abandonaram por queda, Marc Márquez e Cal Crutchlow, ou problemas técnicos, como sucedeu com Jorge Lorenzo.

Um resultado global que foi o pior da Honda na classe rainha desde 1982, então no Grande Prémio de França e mediante uma circunstância muito especial. Na pista de Nogaro, em 500c, nenhuma das três Honda oficiais em competição partiu para a corrida, pois tanto esta marca como as rivais Suzuki e Yamaha boicotaram o evento devido à falta de segurança do traçado gaulês que desde então não mais acolheu uma ronda do Mundial.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png