MotoGP, França, TL1: Pol Espargaró surpreende, Oliveira cai duas vezes

Por a 13 Maio 2022 10:03

Praticamente os mais rápidos durante a sessão, Alex Rins Jack Miller e Fabio Quartararo acabariam supreendidos por um Pol Espargaró veloz nos minutos finais, sendo o espanhol o mais rápido na sessão de abertura do GP de França. Quando finalmente conseguiu descolar dos últimos lugares, o português Miguel Oliveira não evitou duas quedas em curvas distintas.

Enea Bastianini (Gresini Ducati) foi um dos primeiros pilotos a cair na sessão de abertura dos treinos livres de MotoGP. Uma sessão dominada a princípio por Alex Rins, com Jack Miller, Maverick Viñales e Brad Binder como os mais próximos do piloto da Suzuki. Estavamos ainda nos minutos inicias da sessão, com Miguel Oliveira instalado no 21º lugar, a 2,5 segundos do tempo de Rins. Mas, pouco depois o português, bem apoiado pelos muitos fãs que tem em França, subia ao 18º lugar.

À frente as coisas também mudavam, com Viñales a ascender ao topo na tabela de tempos seguido por Pol Espargaró, Rins, Quartararo e Martin. A 30 minutos do final Aleix Espargaró colocava a Aprilia #41 no quarto lugar. Marc Marquez tinha apenas o 9º tempo mais rápido e dois minutos depois seria a vez de Jack Miller passar a liderar os tempos no circuito Bugatti de Le Mans com a Ducati. Oliveira tinha parado nas boxes para mudar algumas coisas na KTM RC16.

A 25 minutos do final era a vez de Fabio Quartararo colocar a Yamaha M1 no topo, mas o francês seria prontamente batido por Jack Miller com uma volta de 1’32,101. Seguiam-no Quartararo, Viñales, Por Espargaró e Rins que fechava o top 5. Marc Marquez não descolava do 9º lugar, isto enquanto Miguel Oliveira subia com a KTM ao 15º lugar, imediatamante atrás do colega de equipa Brad Binder. Contúdo, pouco depois Oliveira caia na curva 10, a 16 minutos do final da sessão, baixando para o 19º lugar.

A 12 minutos do final e ainda com Jack Miller instalado na primeira posição da tabela de tempos, Miguel Oliveira regressava à pista, mas vinham aí mais más notícias, com uma segunda queda do português na entrada para La Chapelle, na curva 6, terminando assim um pouco mais cedo a sessão.

A 5 minutos do final da sessão Alex Rins voltava a colocar a Suzuki no topo, seria batido mais uma vez por Miller, mas também numa volta com marcadores vermelhos Fabio Quartararo levava a Yamaha ao topo com uma volta de 1’31,912 no circuito Bugatti. O francês liderava na frente de Miller, Rins, Luca Marini e Viñales. Aleix Esparagaró continuava a passar por dificuldades na adaptação ao circuito, no décimo lugar.

A 20 segundos do final, seria a vez de Pol Esparagaró colocar a Honda no topo com uma volta de 1’31,771, agora com Rins e Pecco Bagnaia atrás de si. Quartararo e Aleix Espargaró fechavam o top 5, com Joan Mir e Miller nas posições imediatas.

A segunda sessão de treinos livres de MotoGP (TL2) tem início às 13h10 de sexta-feira.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x