MotoGP, 2021, Algarve, Valentino Rossi: “Estou preocupado com o Pecco!”

Por a 7 Novembro 2021 09:30

Valentino Rossi deseja que o problema do pneu dianteiro na Ducati de Baganaina não se repita, agora que o seu ‘ex-aluno’ da VR46 parte uma vez mais da pole position.

Francesco Bagnaia , qualificou-se na pole position para o MotoGP do Algarve, e parece ser o mais rápido em termos de ritmo de corrida.

Rossi está “muito preocupado” com a escolha dos pneus de Bagnaia após o # 63 e o companheiro de equipa da Ducati, Jack Miller, serem os únicos pilotos a escolherem um dianteiro duro com temperaturas frescas semelhantes em Misano, e nessa ocasião, o resultado foi que ambos caíram.

No GP de Emilia Romagna e no caso concreto de Bagnaia, este caiu quando liderava a corrida e a apenas quatro voltas do final, encerrando-se ai a luta pelo título no campeonato do mundo. Na altura, o nove vezes campeão mundial deixou claro que Bagnaia deveria ter optado por um dianteiro médio, e em tom de brincadeira disse que tinha ‘hipnotizado’ Bagnaia com sucesso para evitar qualquer escolha de pneus ‘estranhos’ em Aragão, onde este venceu a sua primeira corrida de MotoGP.

COMBINAÇÃO DE PNEUS MÉDIOS E DUROS… A MELHOR SOLUÇÃO?

Bagnaia tem sido rápido com pneus médios e duros traseiros em Portimão, com as duas opções possíveis para a corrida de domingo

“Estou muito, muito preocupado com a escolha do pneu, sim!” E Rossi passou à explicação… “isto porque no final dos treinos livres ele testou o pneu médio e foi muito rápido também com o duro! Estou sempre preocupado com a escolha dos pneus, espero que desta vez faça uma boa escolha porque de qualquer forma é rápido com as duas configurações. E acho também que o Pecco é o mais rápido do fim-de-semana, como em Misano. Então, acho que pode vencer mas precisa de fazer a escolha certa dos pneus. Vou falar com ele durante esta noite!”

Mas então, qual a escolha de Rossi para o GP do Algarve?

“Hoje tentei pneus médios e duros na traseira e as sensações são muito parecidas. A previsão é a mesma de hoje, vamos correr às 13h aqui (antes da Moto2) e penso que vamos usar o nosso pneu duro. Farei essa escolha porque me sinto um pouco melhor com o duro, consigo ser  mais constante.”

Rossi qualificou-se em 16º nas tabelas de tempos para aquela que será a sua penúltima corrida de MotoGP.

“No sábado de manhã estive um pouco mais competitivo, mas foi da parte da tarde que melhorámos o equilíbrio da moto e especialmente melhoramos as sensações com os pneus. No Q1 consegui fazer uma volta decente e vou largar da 16ª posição, o que é melhor do que a minha posição nas últimas corridas. Também consegui rodar bem e na verdade estou a menos de um segundo da pole position, a nove décimos. O problema é que parto muito atrás.”

Diz o piloto ‘46’ da Petronas SRT Yamaha, que hoje parte uma posição à frente de Miguel Oliveira. Quanto ao restante destaca a importância de “corrigir na moto a subviragem” para assim conseguir um resultado entre os dez primeiros tal como em Misano.

0 0 votes
Article Rating
4 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
5 meses atrás

3mercedes

trackback
5 meses atrás

where can a hungry gay bottom find a top dating https://speedgaydate.com/

trackback
5 meses atrás
trackback
5 meses atrás
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x