MotoGP, 2020, Valencia: Inversão de papéis para Oliveira e Lecuona

Por a 3 Novembro 2020 13:00

Tendo perdido o GP de Valência por estar a recuperar de uma lesão, Oliveira vai ser o “rookie” no Ricardo Tormo, enquanto Lecuona, que o substituiu nessa altura, tem o benefício da experiência no circuito
Com apenas uma semana de descanso desde Aragón, a fase final do Mundial de MotoGP de 2020 aproxima-se rapidamente, arrancando este fim-de-semana com o Grande Prémio de Europa.

Miguel Oliveira, Teruel MotoGP, 23 October 2020

Assim, Miguel Oliveira tem de descobrir o Circuito Ricardo Tormo pela primeira vez a bordo da sua KTM RC16, depois de não ter conseguido participar há um ano. Ainda assim, o português está pronto para se basear nos bons resultados em Valência nas outras categorias (ganhou aqui nas Moto3 em 2015 e nas Moto2 em 2017 e 2018) e nas suas conquistas anteriores desta temporada durante as próximas três rondas, que culminam num Grande Prémio em casa pela primeira vez.

Da mesma forma, Iker Lecuona, armado com a relativa vantagem de ter feito a prova no Ricardo Tormo há um ano, está extremamente motivado para ter um bom desempenho em Valência, já que o Grande Prémio da Europa é o primeiro de duas provas consecutivas em casa para o piloto da Red Bull KTM Tech3.

Lecuona classificou-se em 19º lugar de 23 pilotos há um ano, superando o outro piloto da Tech3, Hafizh Syahrin, mas depois caiu na corrida.

Igualando o seu melhor resultado pessoal da classe rainha da Áustria há poucos dias, em Aragón, com a nona posição, o estreante de MotoGP confirmou a sua impressionante curva de aprendizagem e está desejoso de manter o seu progresso constante nas últimas três corridas consecutivas, começando esta sexta-feira com os treinos livres às 09:55.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x