MotoGP, 2020, Valência: Dovi de repente muito requisitado

Por a 30 Outubro 2020 17:30

O piloto italiano Andrea Dovizioso está sob olho na Yamaha para se tornar o piloto de teste da casa de Iwata na temporada de 2021, mas a Aprilia, KTM e Honda também podem ter interesse nos seus serviços

Dovizioso está nas suas últimas corridas do Mundial com a Ducati, depois de não renovar o contrato com a marca italiana, e procura novos ares, possivelmente uma posição de tester como Pedrosa, Stoner e Lorenzo.

A marca de Borgo Panigale mostrou sinais de fraqueza na sua corrida em Aragón, saindo da luta pelos campeonatos de pilotos e marcas, e com resultados finais, nalguns casos, preocupantes.

Nas últimas semanas o representante do piloto, Stefano Battistella, contactou a Yamaha, Aprilia, Honda e KTM, e disse às equipas que, além da questão económica, uma das exigência que o italiano tem é a possibilidade de competir ocasionalmente em Motocross, que é a sua grande paixão, algo que a HRC não vê com bons olhos: não querem que o italiano experimente a Honda e também faça motocrosse, onde se pode lesionar facilmente, pois até já sofreu uma clavícula partida durante um  treino em Junho.

A KTM vê com bons olhos receber o italiano, no entanto, tendo Pedrosa como tester e o plantel completo para 2021, é improvável que corra com eles antes de  2022.

A aposta mais próxima é a Yamaha, marca com que correu no Mundial em 2012, na equipa Tech3, terminando em quarto lugar no campeonato, e alcançando seis pódios na época conquistada por Jorge Lorenzo.

Ao mesmo tempo, especula-se a possível saída da Yamaha do Maiorquino, que esta temporada não tem sido capaz de contribuir para o desenvolvimento da moto devido à pandemia que perturbou os planos da casa de Iwata e estaria agora na órbita da Aprilia.

Para as restantes provas, duas em Valência e uma em Portugal, procurar-se-á manter os membros do MotoGP dentro do circuito em Espanha, por precaução do Covid-19.

No caso da Aprilia, Dovi pode ser uma alternativa para segundo piloto da marca italiana, à espera do que acontece com Andrea Iannone, que espera que a sanção por doping seja reduzida. No entanto, o piloto de Forlí decidiu excluir essa possibilidade e focar-se noutras coisas.

Os próximos dias confirmarão o futuro do italiano que, depois de vencer na Áustria, caiu a pique neste campeonato de 2020, praticamente descartando a sua hipótese de ser campeão este ano.

1 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x