MotoGP, 2020, Teruel: Italianos ao assalto da Moto2 e Moto3

Por a 23 Outubro 2020 21:42

Ambas as categorias dos Grandes Prémios estão a ser fortemente atacadas pela ‘Squadra Azzurra”, que tem os seus pilotos a lutarem pelo título nas duas classes, e com quatro corridas para o final do Campeonato… agora é tudo ou nada!

A primeira corrida em Aragão não trouxe grandes resultados para os pilotos italianos. Na Moto 3 o melhor à chegada foi Romano Fenati (4º), enquanto na Moto2 Enea Bastianini, graças ao segundo lugar alcançado assumiu a liderança do Mundial, com 2 pontos de diferença e 5 para o seu compatriota Luca Marini. Domingo foi definitivamente “dia não” para a equipa Sky Racing VR46 com tantas quedas.

Moto2

Na Moto2, o salto para a frente de Enea Bastianini, piloto da Italtrans, nem sequer era esperado, uma vez que o seu segundo lugar e a liderança do campeonato vieram depois de um fim de semana nada fácil. A esperança dos transalpinos é que Luca Marini, Marco Bezzecchi e Fabio Di Giannantonio subam na classificação.

Quem melhor contém o ‘assalto italiano’ é o britânico Sam Lowes, que conseguiu duas vitórias nas últimas duas corridas, ocupando o segundo lugar e deixando atrás de si Luca Marini e Marco Bezzecchi. Bastianini lidera com 155 pontos, seguido por Lowes com 153, Marini com 150 e Bezzecchi com 130.

Moto3

Situação semelhante também para a Moto3, um campeonato, que como todos os anos deverá estar em aberto até à corrida de Portimão. Na frente está Albert Arenas, que apesar do sétimo lugar no último domingo continua a ser líder. Na corrida do próximo domingo, no entanto, com toda a certeza o espanhol vai estar atento, tanto a Ai Ogura quanto a Celestino Vietti que terão que arregaçar as mangas para não o deixar escapar sozinho rumo ao título.

Vietti, no terceiro lugar e a ficar pontualmente cada vez mais distante de Arenas, a situação não é tranquila. E também a estratégia da SKY VR46 terá que mudar, uma vez que o italiano terá que atacar imediatamente para não descolar dos da frente. Além disso, os seus  adversários não serão apenas Arenas e Ogura, mas também Masia, Binder e Fernandez.

Para não ser esquecido, falta falarmos em Tony Arbolino, forçado a falhar o GP de Aragão por ter estado no mesmo voo com uma pessoa a sofrer de Covid-19, e colocado em isolamento apesar do teste ter dado negativo.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x