MotoGP, 2020: Kevin Schwantz antecipa a época que vem

Por a 18 Dezembro 2020 15:00

A lenda de MotoGP Kevin Schwantz falou recentemente das suas previsões para 2021

“Acho que era inevitável, da maneira que Márquez estava a cair, que eventualmente, ia magoar-se...”

O lendário campeão da Suzuki começou por dizer:
“Bom, já este ano muita gente pensou que a época ia ser uma procissão de vitórias do Quartararo e foi tudo menos isso!”

“No final da época ele estava em dificuldade, mesmo só para marcar pontos. Em Portimão foi quê, 14º e última Yamaha? Isso é completamente inaceitável para um fabricante como a Yamaha e de certeza que eles estão a tentar descobrir a origem do problema que o afetou.”

“Um piloto jovem como o Quartararo tem que começar a interrogar-se como é que era tão bom no princípio e depois perdeu o rumo a meio caminho, caiu de corridas teve tantos problemas, Misano, sei lá, coisas que foram muito atípicas.”

“Ele tem que meter na cabeça que precisa de voltar atrás e começar do princípio, porque já em Moto2 ele era assim, em certas corridas ia para a frente e ninguém conseguia sequer perceber para que lado é que ele tinha ido, e noutras estava em dificuldades, portanto aquilo que ele tem que encontrar é a consistência, não estar a fugir de toda a gente num fim-de-semana e ser invencível, e no fim-de-semana seguinte em dificuldades e a acabar 14º 15º ou até nem marcar pontos!”
“Quanto ao Márquez, eu sempre senti quando corria que se tirasse um mês fora da moto iria precisar do triplo do tempo para me pôr de novo em forma!”

“Leva tempo a voltar a andar em forma, quando estivemos parados, e ele vai ter que se pôr naquela moto antes do começo da época, fazer voltas e voltas na moto, começar a sentir-se confortável de novo, e não é fácil, mas se alguém conseguir fazê-lo provavelmente será o Marc Márquez.”

“É a sua primeira grande lesão e de longe o maior período que esteve afastado duma moto desde que ele era um miúdo de 7 ou 8 anos…”
“Acho que era inevitável, da maneira que ele estava a cair, que eventualmente, mais cedo ou mais tarde, ia magoar-se... ele tem que limpar a sua pilotagem um bocadinho, agora que descobriu em Jerez que não se ia levantar ileso todas as vezes!”
“Resta ver se ele vai conseguir regressar e continuar a fazer aquelas escapadelas miraculosas, por isso é que eu digo, quanto mais tempo estiver fora da moto, mais tempo vai levar para regressar, se ele não começar a andar já em Janeiro ou Fevereiro, definitivamente vai ter um começo de época muito difícil!”

4.5 6 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x