MotoGP 2020: Regras mais apertadas em Moto3

Por a 21 Março 2020 15:30

Mike Webb, Director de Corrida da MotoGP, falou há dias da evolução das regras de segurança que se aplicam especialmente às sessões de qualificação, e de como ele e Freddie Spencer, chefe dos comissários desportivos, tiveram reuniões separadas para explicar aos pilotos o que se espera deles em pista, e que comportamentos não serão aceites e serão imediatamente punidos:

“Os comissários desportivos têm ao seu dispor uma gama quase sem limites de castigos, desde tirar o tempo de uma volta a um piloto, a “drive-thrus” ou até penalidades mais sérias que poderiam levar a uma suspensão total. Atualmente, a penalidade de perder lugares na grelha, pela pouca importância que isso pode ter na Moto3, não é muito utilizada…”

“Mas uma das coisas que queríamos é fazer os pilotos entender antecipadamente que comportamentos esperamos deles, quais são toleráveis e quais serão imediatamente punidos.”

O recurso a vídeo torna possível voltar atrás e ver exactamente a culpa de um incidente, que piloto o provocou e que piloto estava inocente, embora por vezes tudo se passe muito rápido e primeiro pareça exactamente o contrário.

Freddie Spencer, com toda a experiência de alguém que começou a competir ao 4 anos de idade e conquistou 3 títulos mundiais, entende as pressões e motivações e, pelos vistos, a forma de comunicar aos jovens da Moto3, e também da Moto2, que fogosidade e juventude não podem ser justificações para comportamentos anti-desportivos ou que coloquem outro piloto em perigo, que não serão tolerados.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto3
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png