Moto3, Qatar: Arenas em vitória suada

Por a 8 Março 2020 14:05

As Moto3 alinharam na grelha para a corrida de 18 voltas ao pôr-do-sol em Losail, com Tatsuki Suzuki (Honda SIC58) a sair da pole pela segunda vez na sua carreira.

Suzuki arrancou à frente e manteve vantagem sobre Arenas (KTM Gaviota) e Fernandez (KTM Red Bull), com as Tech3 em evidência nos primeiros lugares, pois Oncu, Ogura, Arbolino, Binder e Rodrigo vinham a seguir.

O Japonês da SIC58 foi apanhado na segunda volta, passando para 5º, com Fernandez a cometer um erro e Arbolino a liderar a seguir. Arenas e Oncu estavam à frente de Suzuki, e McPhee recuperava em 11º dum mau arranque.

Suzuki comete novo erro e baixa para 7º com Arenas agora a liderar e Binder a chegar a segundo a duas décimas da frente.
Entretanto nomes como Masia ou Garcia apareciam e Oncu já baixara para 12º.

Binder ataca Arenas mas é por sua vez surpreendido por Fernandez e Masia, as alterações quase constantes demais para comentar a cada volta.

Jogos de cone de ar, passagens na reta ou entradas em curva por dentro, tudo valia para trocar de posições e Suzuki foi trabalhando gradualmente para chegar a 4º de novo, com 11 pilotos no grupo da frente fechado por Salac.

A meio da corrida Fernandez liderava na KTM Red Bull Ajo e Suzuki colava-se a ele para liderar de novo só para baixar para 8º a seguir, as pequenas Moto3 a atingirem os 244 Km/h em Losail.

Masia mostrava-se muito rápido na Honda Leopard e liderava uma volta depois, Binder, Arbolino, Garcia, McPhee e Fernandez agora na luta.

Uma volta mais tarde, a Honda turquesa estava em 8º e Arenas liderava mais uma vez, num carrossel estonteante de trocas de posição, em que 18 pilotos ainda podiam teoricamente chegar ao pódio!

Vietti cai na curva 10 tocado por Alcoba quando seguia na 18ª posição originandio uma investigação dos comissários desportivos e McPhee ia ascendendo a 5º com manobras inteligentes e Suzuki já era 3º de novo.

As escolhas de pneus começavam agora a jogar, com toda a frente no traseiro mais duro menos Binder, única KTM no Top 5 por esta altura e Ai Ogura a fazer a volta rápida do 10º lugar.

À entrada da penúltima volta, o grupo liderado por McPhee ainda era composto por 10 pilotos e, quando este alarga, é Binder o novo líder, não, agora é Rodrigo.

Última volta e Binder cai envolvendo-se com Arbolino, deixando Arenas, McPhee e Masia à frente, os primeiros dois isolados para vencer. Masia, no entanto, é penalizado por limites da pista, ascendendo Ogura ao pódio.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto3
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x