Moto3: Hervé Poncharal fala da organização da Tech3

Por a 12 Setembro 2019 17:00

A Tech 3 aceitou o desafio da KTM de mudar para a Moto3, na sequência do abandono da Moto2 pela marca Austríaca, cujos chassis a equipa francesa usava. Agora, Poncharal fala da mudança necessária na estrutura:

“A maioria da nossa equipa atual de Moto2 vai fazer parte da nova equipa de Moto3 e tenho o prazer de dizer que as cores serão as mesmas, Red Bull, KTM, ELF. Estas motos já têm um alto nível de tecnologia e é preciso muita experiência para as afinar.”

Embora Poncharal esteja entusiasmado com o novo desafio, a escala de tempo significa que ‘pensamento criativo’ é necessário em termos de seleção dos pilotos, com a maioria dos favoritos de Moto3 já comprometidos para 2020.

“Vai ser difícil”, disse ele. “Não posso dizer que vamos ganhar porque o piloto é a chave para resultados.. os melhores de Moto3 já estão a transitar para a Moto2, como o Canet, Dalla Porta, Fenati, Ramirez – e outros nomes importantes que querem ficar, como o Arbolino, Masia e Foggia, já estão contratados.”

“Chegamos um pouco tarde e cabe a mim ser um pouco criativo ao pensar nos pilotos. Estamos a olhar para as várias copas de rookies e talentos, estamos a olhar para tudo!”

“No papel, o ideal seria ter um piloto experiente de Moto3 que já tenha participado de pelo menos uma ou duas temporadas no campeonato mundial e talvez um rookie da Rookie’s Cup ou no CEV Junior”, acrescentou Poncharal.

“Há muitos nomes, porque Moto3 é onde se começa no campeonato do mundo, e há muitos jovens sonhando com entrar. Recebi candidaturas de Inglaterra, de miúdos franceses, alemães, japoneses… e agora precisamos de encontrar os dois pilotos. “

Uma decisão sobre pelo menos um dos pilotos pode ser tomada durante o Grande Prémio de San Marino deste fim de semana, mas quem quer que seja escolhido, o principal objetivo para 2020 é construir uma base sólida de Moto3 para o futuro.

“Acho que não vamos vencer o campeonato no próximo ano…. Pelo menos, seria uma surpresa e teríamos de ter muita sorte!…  Mas com 99% de certeza isso não vai acontecer porque estão lá nomes como o Masia e Arbolino, que serão muito fortes…”

“Para o ano 1, temos de juntar uma boa equipa técnica, ser organizados e dar-nos a conhecer como uma equipa de Moto3, para então crescer.”

“Mas estou empolgado. É um bom desafio, um bom projeto e o meu pessoal está impaciente para começar a trabalhar nesses belos brinquedos…”

A Tech3 foi campeã mundial com Olivier Jacque em Yamaha na antiga categoria 250GP, depois venceu 1 corrida e teve seis pódios com o seu próprio chassis na Moto2.

Com a mudança para o chassis KTM no início da era Triumph nesta temporada, Marco Bezzecchi e Philip Oettl trouxeram um melhor resultado de décimo até agora.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto3
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png