Moto3: Leopard arrasou em Phillip Island

Por a 23 Outubro 2017 12:32

Depois de uma temporada de 2016 dura, onde trocou a Honda pela KTM, a Leopard Racing voltou aos seus melhores momentos em Moto3 em 2017, agora que regressou à Honda, tendo solidificado a sua posição como equipa de referência na categoria mais baixa do Mundial.

O Grande Prémio da Austrália coroou uma época de sonho e que fez reviver o sucesso alcançado em 2015 por intermédio de Danny Kent. Joan Mir sagrou-se ontem campeão do mundo num ano onde até ao momento já conquistou nove corridas, tendo precisamente o último triunfo surgido em Phillip Island.

Contudo a cereja no topo do bolo foi colocada por Livio Loi, que tem tido um ano muito duro. O piloto belga terminou o GP da Austrália no segundo posto e ofereceu à Leopard Racing a primeira dobradinha desde o GP da Alemanha de 2015, que havia sido da autoria da dupla Danny Kent/Efrén Vázquez.

Um excelente desempenho de Loi, que partiu de um distante 21º posto e foi por isso forçado a uma grande recuperação. Para Loi este resultado foi duplamente importante, pois neste momento está sem equipa para a próxima época e precisa de mostrar o seu valor.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x