Freddie Spencer pelo próprio

Por a 23 Março 2019 19:42

A extraordinária carreira de ‘Fast’ Freddie contada pelo próprio…

Considerado um dos mais dotados pilotos de sempre, Freedie, natural de Shreveport, na Louisiana, sul dos Estados Unidos, foi na sua época o mais jovem campeão mundial de sempre, pois tinha acabado de fazer 20 anos. A propósito do seu começo, diz ele:

“Para começar, sou dum Estado que nem um circuito de velocidade tem… Quando muito, alguns praticantes de Dirt Track… Ainda hoje entre os desportistas famosos da Louisiana, (rol em que foi incluído oficialmente só em 2009,) sou o único praticante de desporto motorizado… Na altura, chegar a ser Campeão de 500 ou de 250cc parecia pouco realístico…”

e acrescenta:

“Foi ao ver uma foto de uma corrida na Cycle News que pensei em ser piloto de velocidade. Tinha para aí 11 anos e pedi ao meu pai que me comprasse uma moto de pista… quer dizer que na região fui o primeiro. O percurso era passar de Dirt Track para Ovais de quarto de Milha, mas onde aprendi mais foi mesmo no quintal de casa, a compreender as reações da moto, como se controla quando derrapa na terra e etc.”

O ano era 1982 e Frederic Burdette Spencer, de seu nome completo, saltou das corridas nacionais nos EUA para uma feroz 500 de GP praticamente sem transação… A Honda contratou-o para a sua primeira época completa nesse ano, depois de um par de corridas de GP 500 em 1980 e 81:

“Das pistas do Mundial, só tinha andado em Silverstone… Todas as outras eram novas para mim… moto nova, equipa nova, a curva de aprendizagem foi dramática… Os pneus eram diferentes, e uma 500, que nunca tinha tido hipótese de testar nos EUA, ou noutro campeonato, muito diferente de tudo a que estava habituado… Não houve evolução, foi do nada para uma 500 de Grand Prix!”

No entanto, com o apoio de Jeremy Burgess, que dava os primeiros passos no Mundial a seu lado, Freddie acabaria por ganhar o título nesse ano de 1983, batendo pilotos como Kenny Roberts, Randy Mamola e Barry Sheene.

Dois anos depois, em 1985, voltou a fazer história ao vencer, no mesmo ano, em 250 e 500, facto nunca repetido desde então. Em 2001, ‘Fast’ Freddie Spencer foi eleito uma Grand Prix Legend – Lenda do Mundial – pela FIM e hoje em dia acompanha a MotoGP como comentador.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png