CNV: Santogal ENI BMW pronta

Por a 30 Abril 2019 14:17
O Campeonato Ncional de Velocidade inicia-se este fim-de-semana no Estoril, e a equipa Santogal ENI BMW realizou o seu segundo e último teste aos comandos das BMW S1000RR no passado dia 27 de Abril nos Testes Oficiais de pré-temporada do Campeonato Nacional de Velocidade no mesmo traçado.
A BMW S1000RR tem revelado um enorme potencial nas mãos de Ivo Lopes e Ricardo Andrade, ao longo dos testes levados a cabo pela nova equipa. O terceiro dia aos comandos da moto germânica foi uma vez mais promissor para a formação lisboeta, continuando a testar várias soluções técnicas na procura do ‘setup’ ideal para os vários circuitos que compõem os calendários dos campeonatos onde a equipa marcará presença.
Ivo Lopes #75
«Correu muito bem, quando regressei ao Estoril estava apreensivo, dado o atraso na chegada de várias peças da moto, que sabemos que farão diferença. E, também, porque ao não ter a minha moto pronta, focámo-nos em realizar este trabalho na moto do meu colega de equipa, (…) nomeadamente ao nível da posição de condução na moto e outros acertos base. Tive que me re-habituar a tudo, sacrificando por isso tempo vital em pista. (…)  
Conseguimos bater novamente o nosso tempo, sempre mantendo um ritmo constante volta-a-volta, o que acho ser o mais importante. Estamos preparados para a corrida, cumprimos todo o programa de testes e conseguimos chegar a um consenso de afinações na moto. 
 
Mesmo com este teste a não atingir os 100% do que tínhamos programado, por não termos tudo no tempo que estimámos, claro que estamos motivados e vamos lutar pela vitória. Acredito que teremos uma grande temporada e passei esse sentimento a toda a equipa, que somos candidatos ao título e que viemos para vencer. Quero agradecer uma vez mais a toda a estrutura pelo seu desempenho e a todos os patrocinadores por nos apoiarem.»
 
Ricardo Andrade #81
«Foi um dia muito produtivo, o Ivo evoluiu claramente, numa moto que foi acabada muito depois do esperado. Da minha parte e de toda a equipa só posso agradecer a ele e aos nossos patrocinadores por nos terem ajudado a chegar até aqui. Tem sido um caminho difícil, mas os resultados estão à vista. Vamos manter esta linha de actuação e lutar pela vitória na primeira corrida.
 
Pessoalmente, venho de um grande hiato em que estive parado, após a queda que sofri nas 3 Horas do Estoril de 2018, onde sofri várias lesões e comprometeu toda a restante temporada. Estou a trabalhar em pista e fora dela para recuperar o meu ritmo, passo a passo. Farei a Copa Dunlop Motoval, sempre apontando a um lugar no TOP3.»

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png