MotoAmerica, The Ridge: Beaubier vence mais uma, agora são nove

Por a 31 Agosto 2020 18:21

Dizer que Cameron Beaubier está em alta seria um eufemismo. O piloto da Yamaha Monster Energy Attack Performance venceu a sua nona corrida da temporada, a sua sexta consecutiva e a 47ª da sua carreira na MotoAmerica Superbikes em The Ridge.
Ao vencer facilmente a final de ontem em 17 voltas, Beaubier eclipsou a sua melhor temporada de oito vitórias com a nona vitória da temporada, e estendeu a sua liderança no Campeonato de Superbike de MotoAmérica de 2020 para 54 pontos.
“Sim, foi muito bom conseguir nove vitórias numa época e poder passar o meu recorde que foi há alguns anos“, disse Beaubier. “Isso é muito bom para mim. Está tudo a correr tão bem agora. Como disse ontem, às vezes sinto que preciso de ser beliscado. Mas, ao mesmo tempo, é estranho dizer, mas neste momento tenho mais experiência na classe Superbike do que qualquer outro, menos talvez o Toni (Elias). Só estou ligado à minha R1. Ando nisto há cinco ou seis anos. Sinto-me muito, muito bem. Estão todos a trabalhar muito, muito, na equipa da Yamaha Monster Attack Performance. É tão bom pisar o topo do pódio em várias corridas ao longo do ano, e também ter um grande companheiro de equipa em Jake (Gagne). Ser capaz de fazer um 1-2 hoje é muito bom, para recompensá-los por todo o seu trabalho árduo. Tem sido divertido até agora este ano, mas estão a apanhar-me lentamente. Só espero continuar e estou ansioso para ir a Nova Jersey e ver como esta moto funciona lá. Tirem os chapéus a todos aqui em Ridge. Tornaram a pista um pouco mais segura com aquela chicane e estão dispostos a mudar a pista aqui e ali para torná-la um pouco mais segura para quando voltarmos no futuro.”
O colega de equipa de Beaubier, Jake Gagne, acabou em segundo, um dia depois de um problema com o pneu dianteiro o ter derrubado do pódio para quarto lugar. Os 20 pontos de Gagne esticam a vantagem no campeonato e ele está num sólido segundo lugar, 22 pontos à frente de Mathew Scholtz, da Westby Racing, que terminou em quarto no domingo.
Bobby Fong igualou o resultado anterior com outro terceiro lugar, o piloto da M4 Suzuki voltou a correr com dores no pulso esquerdo da queda em PittRace há algumas semanas. Fong colou-se a Gagne nos instantes finais da corrida, subindo a 0,528 de segundo do piloto da Yamaha.
Scholtz, entretanto, ficou a 3,1 segundos de Fong no quarto lugar. O quinto lugar em pista foi para Toni Elias, da M4 Ecstar Suzuki, mas o espanhol foi penalizado numa posição que, por sua vez, entregou o lugar a Josh Herrin, da Scheibe Racing BMW. Elias tinha passado por Herrin na última volta depois de uma longa batalha entre os dois veteranos.
Cameron Petersen, líder do Campeonato de 1000, foi o sétimo classificado na Suzuki GSX-R1000 Motorsports, o sul-africano perseguiu Lorenzo Zanetti durante toda a corrida, com o italiano a cair na última volta.
Jayson Uribe, da Rock and Sons Racing, obteve o seu segundo top-10 consecutivo no seu primeiro evento de MotoAmerica do ano, com o californiano a subir ao oitavo lugar a cerca de dois segundos de Bradley Ward, da FLY Racing ADR Motorsports. Travis Wyman Racing’s Travis Wyman recuperou um fim-de-semana difícil com um 10º lugar na sua BMW.
Superbike Race 2
1- Cameron Beaubier (Yamaha)
2- Jake Gagne (Yamaha)
3- Bobby Fong (Suzuki)
4- Mathew Scholtz (Yamaha)
5- Josh Herrin (BMW)
6- Toni Elias (Suzuki)
7- Cameron Petersen (Suzuki)
8- Jayson Uribe (Honda)
9- Bradley Ward (Kawasaki)
10- Travis Wyman (BMW)

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas AMA Superbike
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x