WSBK, Estoril, Corrida 2: Rea ‘rouba’ vitória a Bautista na última volta

Por a 22 Maio 2022 16:47

Com uma volta final incrível na Corrida 2 de Superbike de 2022 no Estoril, Jonathan Rea (Kawasaki) retirou a Álvaro Bautista (Ducati) um hipotético segundo triunfo.

A  grelha de partida para a segunda corrida do Campeonato do Mundo de Superbike no Estoril correspondeu ao resultado da Superpole Race nas três primeiras filas. A primeira fila era composta por Jonathan Rea (Kawasaki), Toprak Razgatlioglu (Yamaha) e Álvaro Bautista (Ducati). À espreita na linha 2 estavam Iker Lecuona (Honda), Andrea Locatelli (Yamaha) e Alex Lowes (Kawasaki), começando a terceira fila começava com o piloto da BMW Scott Redding.

Quatro pilotos perderam a segunda corrida principal devido a lesões: Michael van der Mark (BMW), Philipp Öttl (Go Eleven Ducati), Garrett Gerloff (GRT Yamaha) e Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti). A Ducati do alemão foi pilotada por Xavi Fores. Apesar das nuvens não desaparecerem, a pista estava completamente seca e os três pilotos da primeira fila da grelha decidiram a favor dos pneus de corrida macios SCX.

Na frente, a esperada batalha a três desenvolveu-se entre Rea, Razgatlioglu e Bautista, com a participação breve de Alex Lowes (Kawasaki). Os três talentos excepcionais mostraram uma grande corrida, mas a última volta arrancou os espectadores dos seus assentos.

Bautista liderou a corrida na maior parte do tempo, mas Rea também assumiu a liderança em várias ocasiões. Com a volta mais rápida da corrida, o norte-irlandês bateu na roda traseira do rápido piloto da Ducati na penúltima volta. Rea precisou de duas tentativas antes de conseguir ultrapassar com sucesso o espanhol. Na meta, o piloto da Kawasaki estava 0,2 segundos à frente de Bautista. Razgatlioglu perdeu terreno nas últimas voltas e terminou em terceiro, 4 segundos atrás. Em quarto lugar, Lowes conseguiu seu melhor resultado da temporada.

Terminando em quinto, Andrea Locatelli (Yamaha) lutou contra os ataques de Iker Lecuona (Honda) durante meia corrida, tendo o espanhol que se contentar com o sexto lugar. O melhor piloto das BMW foi novamente Scott Redding no final. O inglês esteve entre os seis primeiros em alguns momentos, mas caiu para o 11º lugar à medida que a corrida avançava. As duas Ducati de Axel Bassani e Michael Rinaldi, Xavi Vierge (Honda) e Xavi Fores (Ducati) fecharam o top 10.  

A próxima corrida do Campeonato do Mundo de Superbike está marcada para o fim-de-semana de 10-12 junho, no circuito de Emília-Romagna, em Itália.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x