MotoAmerica, The Ridge: A chicane que semeou o caos

Por a 31 Agosto 2020 13:30

Apesar da uma queda em cadeia de vários pilotos na nova chicane na primeira volta da corrida de Superbike no Ridge Motorsports Park no sábado, o tetracampeão de MotoAmerica Superbike e vencedor da corrida de sábado Cameron Beaubier, e o terceiro classificado Bobby Fong, eram da opinião que a sugestão dos pilotos à MotoAmerica de que a chicane fosse usada na primeira volta fosse mantida.

“Sim”, disse Beaubier quando lhe perguntaram se ainda sente o mesmo sobre usar a chicane. “Vou apoiar a minha decisão, ou o que quer que lhes tenha dito. Se algumas motos baterem na curva um, com a velocidade a que vamos lá numa Superbike… Seria mau. A parede aparece muito rápido, mesmo assim para entrar na terceira curva da chicane. Portanto, só posso imaginar a rapidez (que seria). Sabemos que só saindo da pista das boxes, passando para terceira e quarta, já se está a sair quente para a pista. Obviamente, foi mau o que aconteceu aos rapazes e ainda bem que estão todos bem. Sinto que é uma opção mais segura do que ir para a curva 1 sem limites.”

Fong concordou.

Por um bocado, fiquei tipo, meu, a chicane vai ser difícil na primeira volta, especialmente se estiveres a meio do grupo”, disse Fong. “Mas o Cameron tem razão. Estás a ir tão depressa para a chicane, que nem me imagino perder a frente ali mesmo, a levar toda a gente à frente a 200 km/h. Por isso, definitivamente, acho que todos precisam de estar calmos e nós, como profissionais, precisamos de saber conter-nos nas duas primeiras voltas e depois começar a correr a sério logo a seguir. Todos queremos posições de topo, mas acho que temos de olhar uns pelos outros e não fazer coisas loucas.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Velocidade
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x