Ilha de Man Clássico: Anstey vence cancro e a corrida Lightweight

Por a 25 Agosto 2019 09:00

Após uma ausência de dois anos, Bruce Anstey alcançou uma das mais populares vitórias da história na corrida Dunlop Lightweight Classic TT ontem à noite, na segunda corrida do Classic TT de 2019.

O indomável neo-zelandês, que tem lutado contra um cancro, foi aplaudido por todos os adeptos ao dominar a corrida de duas voltas na sua 250cc sem nunca ser ameaçado, acabando por vencer a corrida – a sexta no TT Clássico e a terceira na categoria Lightweight – por mais de um minuto sobre o seu companheiro de equipa da Padgetts Motorcycles, Davey Todd.

No recinto dos vencedores após a corrida, um emocionado Anstey prestou homenagem à equipa da Padgetts: “É incrível vencer. Eu não posso acreditar. O apoio de todos – a equipa, Clive (Padgett), a minha família, tem sido incrível. Eu estava bem, mas na última volta estava muito nervoso e nem estava a tentar ser rápido – só conseguir chegar até o fim. Os últimos dois anos foram muito difíceis. Se não fosse por Anny (a sua esposa) eu não estaria aqui. ”

Todd teve a honra de liderar à saída, mas foi Anstey quem liderou no cronómetro no posto de controle de Glen Helen sobre James Hind – um recém-chegado em 2018 -, o segundo mais rápido, com Todd mais dois segundos atrás em terceiro.

Dan Sayle era quarto na Honda John Chapman Racing seguido de Ian Lougher, a completar os cinco primeiros na Yamaha Laylaw Racing.

Anstey aumentou a vantagem para 15 segundos sobre Hind na primeira volta, com Todd mais cinco segundos atrás. A volta de abertura de Anstey – 188 Km/h – deu-lhe uma vantagem de quase 20 segundos sobre Hind, com Todd a deter o terceiro lugar.

Muitos dos pilotos líderes entraram no pit stop no final da volta de abertura incluindo Anstey, que saiu de uma paragem de quarenta segundos para liderar na pista e ao cronómetro por 40 segundos em Glen Helen logo na segunda volta.

No entanto, o desafio de Hind acabou com uma penalização por excesso de velocidade no Pit Lane de 30 segundos, deixando-o em oitavo lugar.

Lougher, após o seu próprio pit stop de 40 segundos, estava apenas seis segundos atrás de Todd em terceiro.

Por esta altura Anstey já estava na sua própria corrida e a sua segunda volta de 182 Km/h deu-lhe uma vantagem de quase um minuto sobre Todd, liderando o terceiro colocado Lougher por 17 segundos.

Jamie Coward, numa Yamaha da Binch Racing e Dominic Herbertson completaram os cinco primeiros no final da segunda volta. Hind tinha subido ao sexto lugar e estava claramente ao ataque.

Anstey garantiu a vitória na corrida com uma volta final de 187 Km/h e a volta de Todd garantiu a segunda posição, mas atrás do par da Padgetts, James Hind estava à carga e estabeleceu a volta mais rápida no final – 188 Km/h garantindo ao piloto de Lincolnshire o lugar final do pódio. Lougher chegou em quarto com Jamie Coward completando os cinco primeiros.

Resultados Classic TT Dunlop Lightweight:

  1. Bruce Anstey – Milenco by Padgetts Motorcycles Honda (186 Km/h/ 58:47.539)
  2. Davey Todd – Milenco by Padgetts Motorcycles Honda (182 Km/h/ 59:57.784)
  3. James Hind – Yamaha (181,7 Km/h/ 1:00:07.307)
  4. Ian Lougher – Laylaw Racing Yamaha (181,2 Km/h/1:00:17.699)
  5. Jamie Coward – Binch Racing Yamaha (180 Km/h/ 1:00:34.399)

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png