CEV Repsol, Jerez: Novos vencedores em Moto3 e ETC, Montella invicto em Moto2

Por a 30 Agosto 2020 14:00

Yari Montella continuou o seu domínio nas Moto2, enquanto Izan Guevara e José Julian Garcia dividiram as vitórias em Moto3 com Zonta Van Den Goorbergh a ganhar na ETC!

Pelo segundo dia consecutivo, o CEV Repsol esteve no circuito de Jerez para a 4ª ronda das séries no histórico traçado. Nas Moto3 Junior, Izan Guevara (Openbank Aspar Team) e José Julian Garcia (SIC 58 Squadra Corse) dividiram as vitórias entre ambos, com os dois pilotos a terem a sua primeira vitória da carreira na classe!

Yari Montella (Speed Up Team Ciatti ) voltou a mostrar porque é que é o homem a bater no Campeonato da Europa de Moto2, ao somar mais 25 pontos para a sua pontuação perfeita em 2020.

As suas 6 vitórias em 6 corridas são um feito inigualável em toda a história do Europeu de Moto2. Finalmente, na Taça de Talentos Hawkers, Zonta Van Den Goorbergh (Team Superb) viria a conquistar a sua primeira vitória no HETC, depois de ter ficado aquém da vitória devido a uma penalidade por exceder os limites da pista na 3ª jornada.

Nas Moto3 Jr., corrida 1, o drama foi até à curva final com Guevara eventualmente prevalecendo, mas isso só depois de ter conseguido desviar-se do azarado David Salvador (Cuna de Campeones) que se despistou na curva final depois de cortar a roda traseira de Pedro Acosta (Team MT-Foundation 77). Acosta perderia o que parecia ser uma vitória na corrida e cruzaria a linha em 3º lugar, já que o seu principal rival no Campeonato, Xavier Artigas (Leopard Impala Junior Team), o viria a colocar em 2º lugar.

A 2ª corrida acabaria por ser para José Julian Garcia após a última volta, pois mais drama dos limites na última curva deu-lhe a vitória. Foi Izan Guevara quem cruzou a linha em primeiro lugar, mas foi impedido de fazer a dobradinha, pois ultrapassou os limites da pista na curva final, obrigando-o a cair 1 lugar, o que significa que Garcia venceu.

Atrás de Guevara em 2º estava Pedro Acosta, somando mais um 3º lugar ao que conseguiu na 1ª corrida.

Montella ainda não perdeu uma nas Moto2

A Moto2 disparou para a vida com Keminth Kubo (VR46 Master Camp Team) a levar o holeshot, mas o piloto tailandês acabaria por escorregar para a 5ª posição.

Yari Montella atirou-se para a frente no final da 1ª volta e não olhou para trás a partir daí, correndo para vencer por 6 segundos. Atrás dele, Alessandro Zaccone (Promo Racing) andou em 2º lugar durante grande parte da corrida antes de fazer uma viagem pelo cascalho na curva 11, acabando por voltar para casa no 9º lugar.

Tudo isto significa que o ainda recuperado Niki Tuuli (Team Stylobike) conseguiu mais um 2º lugar, ao manter Alejandro Medina (Apex Cardoso Racing) à distância, para subir ao primeiro pódio de Moto2 da sua carreira.

Zonta Van Den Goorbergh correu para a vitória numa corrida ETC reiniciada. A corrida foi parada depois de Filippo Farioli (Team Honda Laglisse) ter caído na Curva 6, mas felizmente sem ficar ferido. Seguiu-se um sprint de 5 voltas, com Van Den Goorbergh a controlá-lo da frente. No final, caos, com Angel Piqueras (Talent Team Estrella 0,0), Marco Morelli (Talent Team Estrella 0,0) e Adrian Cruces (Cuna de Campeones) a caírem na última volta.

No rescaldo do drama da curva final, David Alonso (Openbank Aspar Team) e o seu companheiro de equipa Ivan Ortola (Openbank Aspar Team) foram 2º e 3º.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Velocidade
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x