SSP, 2021, Portimão: Odendaal bate Cluzel em Photofinish

Por a 3 Outubro 2021 14:26

A Corrida 2 das SSP foi decidida por apenas 0,011s num photofinish entre Steven Odendaal e Jules Cluzel, com apenas um centésimo de segundo a separar o par

A ação do Campeonato Mundial de Supersport terminou no Autódromo Internacional do Algarve em estilo emocionante com Steven Odendaal (Evan Bros. Yamaha Team) a reclamar a sua quinta vitória da época e a negar a Jules Cluzel (Yamaha GMT94) uma dupla em Portimão.

Embora Jules Cluzel (Yamaha GMT94) tenha conseguido uma boa partida quando as luzes se apagaram, Steven Odendaal (Evan Bros. Yamaha) foi o piloto em movimento enquanto lutava para subir de sétimo para a liderança no início da segunda volta.

Depois de passar três pilotos para a Curva 1, a ação na volta de abertura definiu o tom para o resto da corrida.

Em breve, um grupo líder de nove se formou, e com Odendaal a liderar na sétima volta, foi passado pelo líder do Campeonato Dominique Aegerter (Yamaha Ten Kate) na Curva 1, com a liderança a mudar constantemente ao longo das 17 voltas da corrida.

Ao terminar a volta 10, Odendaal saiu por fora da curva final e perdeu tempo e posições, permitindo a Cluzel assumir a liderança da corrida com o piloto da África do Sul a baixar da liderança para o meio do grupo.

A restante corrida foi um duelo entre Odendaal e Cluzel, uma vez que o grupo da frente se fragmentou na segunda metade, com o sul-africano a reclamar a sua primeira vitória desde a Corrida 1 em Most, à frente de Cluzel, que duplicou nos pódios de Portimão.

O par ficou separado por apenas 0,011s no final das 17 voltas, com Federico Caricasulo (94, Biblion Iberica Yamaha Motoxracing) a reclamar o seu primeiro pódio desde 2019 no mesmo local e apenas 0,364s a separar o trio no pódio.

Manuel González (81, Yamaha ParkinGo Team) tinha estado no grupo da frente, mas um erro na Curva 1 atrasou-o, com o líder do Campeonato Aegerter em quinto lugar a ver fechar a brecha no Campeonato com a vitória de Odendaal.

Yari Montella (Yamaha GMT94) conquistou o sexto lugar no seu primeiro ataque às SSP, à frente do Campeão de 2019 Randy Krummenacher (CM Racing).

Niki Tuuli (MV Agusta Corse Clienti) tinha competido no grupo da liderança, mas uma queda na Volta 16 na Curva 4 obrigou-o a sair da corrida a algumas voltas do fim.

A estrela alemã Philipp Oettl (Kawasaki Puccetti Racing) foi o corredor líder da Kawasaki em oitavo lugar, terminando mesmo à frente do húngaro Peter Sebestyen (Evan Bros. Yamaha Team) em nono, o seu melhor resultado da época.

Can Öncü (Kawasaki Puccetti Racing) conseguiu uma boa partida no grupo da frente na primeira metade da corrida, mas terminou  em décimo lugar.

Com Kevin Manfredi (Altogo Racing Team) a terminar em 11º lugar, o piloto italiano reclamou o título das SSP Challenge para 2021 ao conservar a sua coroa.

Manfredi passou Caricasulo devido aos seus três pontos, com Caricasulo apenas a entrar nas SSP Challenge por duas rondas como substituto de Maria Herrera (Biblion Iberica Yamaha Motoxracing).

Pedro Nuno, que andara no ritmo do Top 20, acabou por desistir na última volta.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x