SBK, 2021, Treinos Aragón: Ducati à frente, mas… com Davies

Por a 13 Abril 2021 16:30

Chaz Davies lidera no primeiro dia com a Ducati GoEleven, mas apenas 0,111s separaram o top três em Aragón

O primeiro de dois dias de ação em Alcañiz arrancou com Chaz Davies (Team GoEleven) a superar as tabelas de tempos enquanto continua a habituar-se ao seu novo ambiente.

O dia começou devagar depois da chuva e das condições da pista fria pela manhã, e Davies, que se mudou para a equipa GoEleven para a campanha de 2021, registou um tempo de 1:49.878s na sessão da tarde, enquanto procurava trabalhar no equilíbrio do chassis da sua Ducati Panigale V4 R, bem como em configurações eletrónicas.

Davies usou um pneu de qualificação enquanto procurava refinar o seu pacote para a campanha de 2021.

Michael Ruben Rinaldi (21, Ducati Aruba.It) ficou em segundo lugar, e também continua a adaptar-se à sua nova equipa depois de mudar de Team GoEleven para a equipa Ducati oficial. Rinaldi registou um tempo de 1:49.947s, completando 70 voltas, enquanto trabalhava na sua configuração, bem como em melhorar o chassis, embora o italiano tivesse sofrido uma queda na Curva 12 na sessão da tarde.

Scott Redding (45, Ducati Aruba.It) fez uma volta tardia para conquistar o terceiro lugar no dia de abertura, depois de se concentrar em algumas mudanças eletrónicas, bem como na esperança de trabalhar em simulações de corrida ao longo dos dois dias de teste.

Redding completou 64 voltas ao longo do primeiro de dois dias de ação no MotorLand Aragón.

Garrett Gerloff (Yamaha GRT SBK Junior Team) foi quarto e o melhor piloto da Yamaha no primeiro dia, a pouco mais de meio segundo do melhor tempo de Davies, com o norte-americano a trabalhar na base da sua Yamaha YZF R1 antes da ronda inaugural da temporada no MotorLand Aragón, em maio.

O estreante Tito Rabat (Barni Racing) foi quinto do dia, com o Campeão do Mundo de Moto2 de 2014 a completar o maior número de voltas de qualquer um no primeiro dia com 91.

Andrea Locatelli (55, Yamaha Pata BRIXX) ficou em sexto lugar depois de apenas correr na sessão da tarde, pois o italiano optou por não completar nenhuma volta durante as condições matinais mais frias.

O italiano teve uma pequena queda na Curva 4, mas conseguiu regressar à pista com a moto de reserva pouco depois.

Axel Bassani (Motocorsa Racing) seguiu-se a Locatelli com o piloto mais jovem da grelha das SBK a terminar o dia em sétimo lugar, enquanto Kohta Nozane (Yamaha GRT) foi ao circuito MotorLand Aragón pela primeira vez e fez 60 voltas a caminho de oitavo mais rápido do dia, perdendo um pouco de tempo de pista de manhã quando a sua YZF R1 parou em pista.

Christophe Ponsson (Yamaha Alstare) entrou na pista com a impressionante nova decoração amarela e azul da equipa revelada na sua Yamaha YZF R1. Ponsson, tal como Locatelli, evitou as condições matinais mais frias e só foi para a pista à tarde, e estava a trabalhar com um novo banco para tentar melhorar a sua posição na moto para reduzir o movimento.

Completou 50 voltas com o melhor tempo de 1:53.348s.

A completar o campo das SBK esteve o piloto de testes da Yamaha, Niccolò Canepa (Yamaha Pata BRIXX), com o piloto italiano a ocupar o anterior lugar de Toprak Razgatlioglu enquanto a estrela turca completa o seu período de auto-isolamento.

Canepa completou 36 voltas ao longo do dia, enquanto também realizava alguns testes fundamentais para a Yamaha.

Dois pilotos das SSP também se juntaram ao teste no MotorLand Aragón com Jules Cluzel e Federico Caricasulo da Yamaha GMT94 em pista. Ambos os pilotos sofreram acidentes na Curva 2 ao longo do dia.

Caricasulo completou 53 voltas com um melhor de 1:54.381s, batendo o companheiro de equipa Cluzel por cerca de 0,8s, com o francês a completar 37 voltas.

6 primeiros no primeiro dia de MotorLand Aragón:

1.) Chaz Davies (Team GoEleven) 1:49.878s, 63 voltas

2.) Michael Ruben Rinaldi (Aruba.It Racing – Ducati) 1:49.947s, 70 voltas

3.) Scott Redding (Aruba.It Racing – Ducati) 1:49.989s, 64 voltas

4.) Garrett Gerloff (GRT Yamaha SBK Team) 1:50.527s, 52 voltas

5.) Tito Rabat (Barni Racing Team) 1:50.740s, 91 voltas

6.) Andrea Locatelli (Pata Yamaha with BRIXX SBK), 1:51.088s, 51 voltas

7.) Axel Bassani (Motocorsa Racing), 1:51.482s, 68 voltas

8.) Kohta Nozane (GRT Yamaha SBK Team) 1:51.711s, 60 voltas

9.) Christophe Ponsson (Alstare Yamaha), 1:53.348s, 50 voltas

10.) Niccolo Canepa (Pata Yamaha with BRIXX SBK), 1:53.685s, 36 voltas

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x