SBK, 2021, Portimão: Van der Mark em primeira vitória da BMW em nove anos, Rea cai novamente à chuva

Por a 3 Outubro 2021 12:00

Tinham sido quase 3,000 dias desde a última vitória de uma BMW em 2013, mas van der Mark dominou as condições complicadas em Portimão para vencer

Uma longa espera de 2.994 dias terminou para a BMW, depois de Michael van der Mark (BMW Motorrad) ter reclamado a primeira vitória do fabricante alemão desde o Nürburgring 2013 na Corrida 2, com o piloto holandês a dominar condições difíceis na na Corrida Tissot Superpole no AIA.

Dramaticamente, Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) caiu da liderança pela segunda corrida consecutiva, logo na primeira volta.

Toprak Razgatlioğlu (Yamaha Pata com Brixx) conseguiu o melhor início do trio de liderança do Campeonato, mas logo se viu sob pressão de Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team e Scott Redding (Ducati Aruba), com o seis-vezes Campeão do Mundo Rea a assumir a liderança na primeira volta.

Quando os líderes se aproximavam da Curva 13, Rea perdeu a frente da sua máquina e saiu da pista, a queda excluindo-o pela segunda corrida consecutiva após a sua queda no sábado, o que significa que Rea partirá do décimo lugar no final da tarde de hoje.

Razgatlioğlu e Redding foram então a dupla líder, mas as coisas logo mudaram na corrida de 10 voltas, uma vez que Razgatlioğlu desceu enquanto Redding permaneceu livre na frente.

Com todo o drama à frente, van der Mark estava a atacar e avançou para a liderança da corrida na Volta 4, depois de tirar partido de Redding ter saído largo no gancho de esquerda, com a BMW a liderar uma corrida pela primeira vez desde Phillip Island 2020, na Corrida 1.

Por conseguinte, v d Mark iniciará a Corrida 2 a partir da primeira posição na grelha, à frente de Redding na segunda.

Loris Baz (11, Team GoEleven) reclamou o terceiro lugar depois de resistir ao desafio de Leon Haslam (Team HRC), embora Haslam tenha passado brevemente por Baz antes de cair na Curva 13 na Volta 8.

Uma segunda queda para Haslam na Curva 3 na Volta 9 viu-o trazer a sua máquina de volta às boxes, promovendo Andrea Locatelli (Yamaha Pata) para o quarto lugar.

Álvaro Bautista (19, Team HRC) foi outro beneficiário do infortúnio do seu companheiro de equipa ao passar para quinto lugar, à frente do líder do Campeonato Razgatlioğlu em sexto; a estrela turca conseguiu limitar os seus danos na corrida depois de descer rapidamente a ordem nas primeiras etapas, com Bautista e Razgatlioğlu a completarem a segunda fila ao lado de Locatelli.

Axel Bassani (47, Motocorsa Racing) continuou a sua série de lugares nos 10 primeiros desde o seu pódio na Catalunha com o sétimo lugar, suportando uma carga de Garrett Gerloff (Yamaha GRT), com a estrela americana apenas 0,068s atrás.

O irlandês Eugene Laverty (BMW Motorrad) ficou quase dois segundos atrás de Gerloff com o nono lugar, e partirá da terceira fila.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x