SBK, 2020: Entrevista a Jonathan Rea

Por a 4 Novembro 2020 16:30

Na primeira parte de uma entrevista em três partes, o campeão de 2020, Jonathan Rea, discute o seu recorde de um sexto título mundial de SBK

Logo após conquistar o seu sexto título mundial, após uma impressionante luta no Circuito do Estoril, Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) sentou-se para uma entrevista aprofundada. Nesta primeira parte, Rea discute a temporada de 2020 e a conquista do seu histórico sexto Campeonato do Mundo.


Rea refere o que o seu sexto título consecutivo significa para ele, e explicou:

Claro que significa o mundo. Significa que atingi o meu alvo. Posso ficar satisfeito com o nosso trabalho este ano, mas não olho para trás e fico a pensar que ganhei seis campeonatos mundiais. Olho para o futuro e estou ansioso, já estou ansioso por 2021. Estás sempre a pensar no próximo desafio.”
A temporada de 2020 foi interrompida devido à emergência de saúde em todo o mundo, proporcionando desafios inéditos. Rea falou sobre isso, dizendo:

“2020 foi, do ponto de vista mental, super duro. Cai-me na primeira ronda da temporada e perdi muitos pontos. A maior coisa que me ocorreu quando o Mundial deixou a Austrália foi que eu estava 19 pontos atrás. Depois, o mundo inteiro entrou em confinamento. Todos os dias eram os mesmos, sem objetivos. Acordava todos os dias sem saber quando ia voltar a andar. Mentalmente foi difícil, porque eu não tinha um propósito, então eu concentrei-me a sério no treino…”


Quando as corridas recomeçaram, o calendário contou com sete rondas num período de tempo condensado, com a ação a começar em Jerez no início de Agosto e a terminar em meados de Outubro no Estoril. Falando sobre isso, Rea explicou:

“Quando vi o calendário revisto durante o bloqueio, pensei ‘se pudesse escolher mais sete corridas para terminar o ano, haveria pelo menos mais três ou quatro lá de que eu gostasse”. No final, o trabalho que fizemos durante aquele período de verão foi muito útil. Tirei muita confiança de Aragón. Não estava a pensar “vou ganhar o Campeonato”, mas pensei que se conseguisse vencer estes tipos aqui… Não foi só o Scott, todos os pilotos Ducati foram rápidos e eu venci-os. Foi quando senti que assumi o controlo do Campeonato.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x