SSP300, 2020, Aragón: Variedade de vencedores

Por a 17 Agosto 2020 11:30

O Campeonato do Mundo de Supersport 300 de 2020 assistiu a uma incrível quantidade de ação nas quatro primeiras corridas da temporada, com todas as corridas até agora a trazer um vencedor diferente.

Desde os destaques de Jerez até aos pontos de conversa de Portimão, a classe de promoção às SBK está preparada para uma das suas maiores lutas de sempre no Campeonato.

Oito pódios diferentes, cinco pistas de corrida diferentes, quatro vencedores diferentes e todos a lutar pelo mesmo Campeonato, o campo nunca foi tão imprevisível. Até no facto de que é a única classe deste Campeonato que vê portugueses alinhar há uma diferença.

A primeira ronda da temporada disparou para a vida e, de imediato, foi Unai Orradre (Yamaha MS Racing) quem subiu ao primeiro pódio na classe, com uma vitória dominante.

Orradre ganhou em Jerez, desvaneceu em Portimão

O espanhol fugiu em casa e conseguiu chegar à vitória, enquanto Tom Booth-Amos (Kawasaki RT Motorsports) bateu Scott Deroue (Kawasaki MTM Motoport) para o segundo lugar.

A corrida 2 viu história feita como a estrela turca Bahattin Sofuoglu, sobrinho de Kenan Sofuoglu, a conseguir uma primeira vitória na carreira para si e para o seu país nas SSP300.

Deixando a ronda, no entanto, era Booth-Amos quem liderava a classificação, uma vez que a consistência do novato britânico pagou dividendos.

Para a Ronda de Portugal em Portimão, os novos vencedores ficaram para trás, e as estrelas mais estabelecidas assumiram a frente. Ana Carrasco (Kawasaki Provec) conseguiu a vitória numa Corrida 1 encurtada pela bandeira vermelha, enquanto Scott Deroue conseguiu fazer o mesmo na Corrida 2, vendo também a bandeira vermelha entrar em ação.

Ao contrário do Nacional, Pedro Fragoso não esteve no seu melhor em Portimão

Ao mesmo tempo, dois portugueses fizeram parte da acção, Pedro Fragoso acabando por participar na “Last Chance Race” de repescagem, aonda acabou em 12º e Tomás Alonso vindo a quliifcar para a corrida principal, onde depois de alguns erros na escolha da relação final acabaria por cair numa das corridas e ficar em 20º da outra.

Depois da ‘velha guarda’ ter vindo e conquistado ‘a montanha russa’ e ter tomado o controlo da classificação, ninguém sabe quem será o próximo piloto a ocupar uma posição dominante na classe SSP300.

Alonso surpreendeu como “Wild Card”

É a primeira vez na história da classe que quatro pilotos diferentes conseguiram as primeiras quatro vitórias da temporada. Além disso, se as estatísticas são alguma coisa a ter em conta, há muitos mais no horizonte. Numerosos pilotos que nunca venceram ou alcançaram um pódio antes já o fizeram de repente na classe e se um quinto vencedor acontecesse, seria a terceira vez na história da classe. O recorde de diferentes vencedores consecutivos é de sete, alcançados no final da temporada de 2017 e nas duas primeiras corridas da temporada de 2018.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x