SSP: ao rubro no regresso em Portimão

Por a 17 Julho 2019 15:00

Com tudo ainda por decidir, as Supersport mostraram como 2019 tem sido imprevisível. Yamaha x Yamaha, Suíça x Itália: a luta está ao rubro.

Tem sido uma época eletrizante no Mundial de Supersport em 2019, com os pilotos Randy Krummenacher e Federico Caricasulo da Equipa Bardahl Evan Bros., da Yamaha, enfrentando o que está rapidamente a tornar-se numa das mais ferozes rivalidades da história da classe.

Caricasulo ainda não terminou fora do pódio em 2019, mas apesar de um pior resultado de 4º em Donington Park, as quatro vitórias de Randy Krummenacher dão-lhe uma vantagem de 15 pontos antes das férias de verão.

O pêndulo dentro da equipa de Caricasulo e Krummenacher girou dum lado para o outro durante toda a temporada, com ambos os pilotos a ter a vantagem a algum dado momento ao longo da temporada.

Infelizmente, a ocasional repto de DeRosa na MV Agusta não se materializou, deixando uma longa fila de Yamaha nos primeiros lugares, com um ocasional flash da Kawasaki com Mahias ou Okubo.

Randy Krummenacher foi impressionante, pois até o seu quarto lugar em Donington Park, ele tinha sido primeiro ou segundo em todas as corridas, batalhando por vitórias em Imola e Misano – onde ele foi batido por Caricasulo na última volta ambas as vezes.

No entanto, olhando para as corridas desde que Caricasulo teve a sua primeira vitória da temporada em Assen, o campeonato contaria uma história diferente.

O italiano marcou mais pontos desde a vitória em Assen e, desde então, nunca terminou abaixo de segundo.

Coincidindo com um 4º para Krummenacher em Donington Park, Caricasulo marcou 110 pontos nas últimas cinco corridas de SSP, enquanto Krummenacher marcou apenas 103. Isso reforça o forte começo de temporada de Krummenacher, apesar de Caricasulo ter agora o impulso e o tipo certo de consistência para o combater.

“Vou relaxar bastante nas férias de Verão depois do meu bom trabalho”, declarou Krummenacher, que sabe como é importante estar à frente do seu companheiro de equipa em Portimão.

“Será uma batalha difícil se o Federico fizer um bom trabalho, também com os outros que podem ter uma palavra a dizer. Vou continuar na minha direção de trabalho e espero estar perto da frente novamente.”

O suíço não cometeu um único erro toda a temporada, enquanto Caricasulo tem estado à defesa: o campeonato do SSP será decidido por erro humano?

“Nas corridas, não estou a pensar no campeonato; Eu só penso em fazer a minha melhor corrida possível ”, disse Federico Caricasulo depois de seu segundo lugar em Donington Park. “Nas últimas quatro corridas, temos que tentar ser mais rápidos que o Randy, sem cometer erros e acho que esta é a única solução para o campeonato.”

Embora com ambos os pilotos determinados a ter sucesso em SSP, o resultado final poderia sorrir a um piloto diferente, já que Jules Cluzel voltou à luta pelo título com uma vitória em Donington Park. Mas ele ainda está a alguma distância dos líderes do campeonato e, até lá, parece que pode ser uma festa da Equipa Bardahl Evan Bros. em Losail – só falta decidir de que lado da garagem as comemorações serão maiores!

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png