SSP, 2020, Portimão: Kawasaki esperam recuperar

Por a 6 Agosto 2020 15:00

Apenas uma semana após a segunda ronda do Campeonato do Mundo de Supersport de 2020, a terceira ronda terá lugar no ondulante e sempre popular Autódromo Internacional do Algarve. Os concorrentes lucas Mahias e Philipp Öettl, de Kawasaki Puccetti, esperam melhorar o terceiro lugar que cada um desfrutou no recente fim de semana de duas corridas em Espanha.

Campeão do mundo nesta classe em 2017, Mahias conseguiu agora um recorde invejável de 22 pódios, incluindo sete vitórias em corridas, após 50 partidas individuais. Foi quarto em Jerez na semana passada, e depois terceiro na 2ª corrida para o seu primeiro pódio do ano.

Com apenas duas rondas da sua nova carreira nas SSP Öettl conseguiu o seu primeiro pódio mundial em Jerez, e seguiu isso com um quarto lugar na segunda corrida.

O traçado de 4,592km de comprimento deste fim de semana em Portugal não é tão conhecido por Öttl como o espanhol, mas o Alemão já testou a sua Ninja ZX-6R lá e ganhou informações valiosas para apontar novamente ao pódio este fim de semana.

Na ronda mais recente, tal como na próxima prova de Portimão, os pilotos terão duas corridas na classe de SSP. Os efeitos do Covid-19 reduziram o número de rondas programadas e para manter o total de corridas a um nível suficientemente alto, cada ronda a partir de agora contará com uma corrida no sábado e mais uma no domingo.

A ação começa para ambos os pilotos, com um campo forte de potenciais adversários, incluindo Locatelli que tem dominado na sua Yamaha, esta sexta-feira, no que se espera que sejam condições quentes, embora menos opressivas do que as suportadas por todos em Jerez.

Neste momento, Mahias é terceiro no campeonato e Öttl está em quinto, depois de três corridas completas. A duração final do calendário ainda é desconhecida, graças a circunstâncias fora do controlo dos organizadores da série. Isto significa que cada resultado de corrida pode revelar-se mais importante do que em qualquer temporada anterior.

Lucas Mahias comentou: “A pista portuguesa é uma das minhas favoritas. Nos últimos três anos, sempre estive no pódio e no ano passado consegui o terceiro lugar tanto na Superpole como na corrida. Em Jerez, lutámos para encontrar um bom nível para a minha moto devido ao calor. Espero que o clima em Portimão seja menos problemático, para que possamos adaptar rapidamente a minha mota à superfície ondulante da pista e apontar para a nossa primeira vitória da temporada.”

Philipp Öttl afirmou: “Só andei em Portimão uma vez, durante os testes de inverno, mas gostei muito da pista. É um traçado típico de Superbike, muito técnico e difícil de interpretar, mas que aprendi rapidamente. Vamos começar com a configuração que encontramos nos testes e vamos tentar adaptá-la às diferentes condições meteorológicas. Espero melhorar ainda mais a minha sensação com a moto e conseguir bons resultados.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x