SSP, 2020: De Rosa e Fuligni completam trio MV Agusta

Por a 1 Janeiro 2020 16:00

Os companheiros de equipa de 2019, Raffaele De Rosa e Federico Fuligni, vão alinhar novamente pela equipa MV Agusta Reparto Corse, onde se juntam a Randy Krummenacher no que é um assalto a três pilotos à glória nas SSP em 2020.

A equipa italiana procurará voltar às vitórias nas SSP na temporada que vem, com o atual campeão Randy Krummenacher e o ex-vencedor Europeu das Superstock 1000 Raffaele De Rosa a liderar o ataque.

De Rosa entrará na sua terceira temporada com a equipa de Andrea Quadranti, tendo conquistado sete pódios nos últimos dois anos. Ansioso por conquistar a sua primeira vitória nas Supersport, De Rosa chega em 2020 após uma temporada forte mas inconsistente, onde desistências impediram uma ameaça credível ao título.

Para Fuligni, será uma segunda temporada em Supersport e a continuidade para ele é fundamental. O italiano sofreu lesões notáveis ​​em Magny-Cours no final da temporada e voltará à ação em 2020 com o objetivo de entrar entre os dez primeiros.

Falando sobre as perspetivas para 2020, De Rosa disse: “Conseguir ficar com a MV Agusta Reparto Corse era o meu principal desejo e, por isso, estou contente. Trabalho neste projeto com o Andrea e sua equipa há dois anos e, graças ao nosso trabalho e compromisso, sabemos para onde ir em termos de desenvolvimento da moto.”

“Ter um piloto como Randy Krummenacher ao meu lado só pode ajudar e motivar-nos a fazer melhor. Darei tudo para que 2020 seja o ano de alcançar as metas que sabemos ao nosso alcance. Não estou satisfeito com o desempenho do ano passado e estou ansioso para compensar isso o mais rápido possível. “

O próprio Quadranti também está ansioso por começar, pois a sua força de três pilotos parece ser uma das mais emocionantes da grelha no próximo ano: “Estou muito satisfeito por poder confiar a nossa moto a Raffaele pelo terceiro ano consecutivo, principalmente porque ele ainda não foi capaz de expressar todo o seu potencial, por várias razões, e por isso apraz-me dar-lhe outra chance. Continuaremos a desenvolver a moto com De Rosa, e tenho certeza de que ter o Campeão Krummenacher na nossa equipa o motivará ainda mais. Acreditamos que reunimos uma equipa altamente competitiva que nos permitirá alcançar excelentes resultados.”

A MV Agusta como fabricante tem uma rica história, principalmente na classe de SSP. Embora sem conquistar uma vitória desde que Roberto Rolfo o fez de maneira dramática em Phillip Island em 2017, o construtor italiano tem outras oito vitórias nas SSP, além de mais de 30 pódios. No entanto, se conquistar o título de SSP, 2020 pode ser o ano em que a MV F3 675 volta a fazer história ao garantir o primeiro campeonato da marca desde a década de 1970.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Supersport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x