SBK: Sykes fica na BMW em 2020

Por a 7 Setembro 2019 17:40

Após um forte início da sua vida na BMW Motorrad, Tom Sykes permanecerá na equipa comandada por Shaun Muir por mais uma temporada em 2020.

O campeão de SBK de 2013 já teve muitos pontos altos em 2019, com uma pole em Donington Park; combinado com os pódios em cada uma das últimas três rodadas, e com o desenvolvimento da S 1000 RR por Tom Sykes, o às de Huddersfield procurará continuar com as suas melhorias com a moto até 2020.

Sykes foi forte na sua primeira temporada com a BMW S 1000 RR, combatendo um défice em linha reta com velocidade fenomenal nas curvas, utilizando o chassis da melhor maneira possível.

Sykes também teve azar, com problemas mecânicos na Tailândia e também em Imola; este último percalço roubando-lhe o que seria o seu primeiro pódio. No entanto, a sua determinação e força viram-no subir ao pódio pela primeira vez com a BMW em Misano, antes de fazer o mesmo em Donington Park, depois de fazer a pole no molhado.

Atualmente em oitavo lugar no campeonato e ainda com uma boa hipótese a terceiro da geral, Sykes mostrou a sua versatilidade como uma das suas principais forças em 2019, passando da Kawasaki Racing no final da temporada passada.

No entanto, com um ano positivo a chegar à fábrica da BMW, renovar a parceria fazia sentido para continuar estabelecendo metas realistas que ambas as partes sabem que podem alcançar.

O companheiro de equipa de Sykes em 2020 será o ex-rival do campeonato SBK, Eugene Laverty (Team Goeleven). Os dois duelaram pelo campeonato em 2013, terminando em primeiro e segundo, e serão companheiros de equipa pela primeira vez nas SBK.

A forte formação de 2020 promete ver o par colocar a BMW em disputa na frente, com uma das mais fortes marcas na grelha.

Tom Sykes declarou: “Estou muito empolgado e orgulhoso por continuar na temporada de 2020 com a BMW Motorrad. Depois de um ano tão bem-sucedido até agora com a nova BMW S 1000 RR, que ainda está no início da sua carreira, o desenvolvimento dá-me uma grande motivação para seguir em frente. Eu realmente aprecio essa parte do desenvolvimento e, certamente, estamos a progredir a olhos vistos.

Claro, com o apoio de toda a equipa e da prestigiada marca BMW, as minhas expectativas para a temporada de 2020 certamente se situarão mais alto, de volta a onde me sinto mais naturalmente. Também aproveito este momento para dar as boas-vindas ao Eugene a bordo, estou ansioso para tê-lo como companheiro de equipa em 2020. “

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png