SBK: Rea vence fácil, Bautista atrapalhado

Por a 7 Setembro 2019 15:32

A 1ª corrida de SBK em Portimão só não foi mais quente pelo domínio quase insolente de Rea, que arrancou como uma bala para liderar desde os primeiros metros e nunca mais foi incomodado, chegando a ter 6 segundos de vantagem a meio das 20 voltas da corrida…

Atrás dele, caos no arranque, com Davies e Bautista a apontar par ao mesmo troço de alcatrão na curva 1 e a subsequente manobra de Bautista para se desviar a colocá-lo em rota de colisão com Lowes… O Espanhol ainda tocou com a roda da Panigale na traseira da R1 da Pata, antes de dar para fora da pista e perder muitas posições, baixando para 17º…

À frente era Sykes e V D Mark seguidos por Haslam, Razgatlioglu, Lowes Baz e Cortese, a não aproveitar de todo o seu arranque inédito da primeira fila… a ponto do seu colega de equipa Melandri, muito mais mal qualificado, aparecer a seguir…

Davies teve um espantoso arranque, passando de 12º para 4º num ápice, e passou várias voltas a tentar apanhar Davies até que, vindo de trás, V D Mark viria incomodá-lo…  Sykes faz uma corrida em reverso, baixando para 5º e acabando por cair, permanecendo em pista, e Loriz Baz também já tivera a mesma sorte à 4ª volta…

Bautista cedo recupera para 13º, passando aos 2 pilotos de cada vez a cada passagem pela meta, e chegando a 6º atrás de Razgatlioglu e Haslam… A  cada volta sucessiva, o Espanhol da Ducati passa um e depois o outro, para ascender à segunda posição, enquanto à frente Rea geria facilmente a prova, deixando o seu avanço baixar para 4,8 segundos…

Com Rea a ganhar, e a conquistar mais 12 pontos a Bautista, tem agora uma vantagem enorme de 93, enquanto o excelente segundo de Davies salva a honra da Ducati em Portimão…

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png