SBK: Rea regressa em corrida com muitas quedas

Por a 22 Junho 2019 15:10

Desde a realização dos treinos de Qualificação, uma verdadeira borrasca veio abater-se sobre Misano, atrasando a partida da primeira manga e depois interrompendo a corrida às 3 voltas quando Lowes Rea liderava sobre Rea, Sykes, Bautista e Davies. Reformada a grelha com Lowes a sair da pole, o novo arranque viu primeiro Rea, Cortese e Sykes à frente, vindo gradualmente Lowes de trás para se colar à Kawasaki do Nº1.

Os dois começaram a abrir um intervalo para os restantes, com Sykes 3º, Davies, Haslam e Bautista a seguir, o segundo piltoo Kawasaki por uma vez a fazer o seu papel ao manter Bautista um lugar mais atrás do seu chefe de fila e comandante da prova.

Só que Haslam cairia pouco depois, enquanto Lowes iria para a frente com um ritmo que nem Rea aguentou, inevitavelmente só para cair aparatosamente mais adiante.

A queda de Haslam deixou Bautista em quinto, a vir detrás, e quando o piloto se livra de Davies pouco depois, ficando pouco claro se o galês cometeu um pequeno erro e alargou ou tinha ordens da Ducati de o deixar passar, estava Sykes em 2º e só teve de herdar o 3º

Outras quedas a dizimar o pelotão mais atrás foram as Ducati de Pirro e Rinaldi, com Melandri a atacar no grupo que vinha sendo liderado por Del Bianco em luta pela 7ª posição.

Razgatlioglu também ascende, mas impressionante é o conhecido ritmo de Loris Baz na Yamaha da Ten Kate que vem detrás para se colar a Bautista, descobrindo depois que o piloto da Ducati, a fazer a sua estreia no molhado com a Panigale, tem ritmo demais para ele mas acabando 4º, o seu melhor resultado até agora.

Bautista acabou por minimizar o estrago da vitória de Rea, que estava radiante, tal como Sykes, perdendo apenas 9 pontos para a Kawasaki.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png