SBK, Qatar: Laverty termina com melhor resultado do ano

Por a 29 Outubro 2019 16:30

O irlandês e a equipa italiana podem ter tido um 2019 complicado, mas eles fizeram uma vénia a 2019 juntos em alta sob os holofotes de Losail…

Depois de uma temporada difícil, a equipa Goeleven Ducati terminou em alta com o melhor resultado da temporada, um sexto lugar, depois de uma recuperação magnífica de Eugene Laverty nas últimas voltas da Corrida 2.

O irlandês lutou do nono lugar para terminar entre os seis primeiros e a apenas 15,1s da vitória, o mais próximo que ele e a equipa estiveram depois de uma corrida à distância durante toda a temporada.

Numa temporada marcada e estragada por uma dupla fratura dos pulsos em Imola, a tenacidade de Laverty levou-o a voltar aos dez primeiros na corrida 1 em Magny-Cours, antes de terminar a temporada com quatro performances consecutivas entre os dez melhores, a melhor sequência para a equipa italiana desde que pisou o Campeonato Mundial de Superbike em 2015, apesar de ter uma forte presença de paddock desde 2008, quando competia nas Supersport.

Falando sobre a ronda final do Campeonato Mundial de Superbike de 2019, Laverty disse:

“Terminar em sexto lugar na última corrida do ano e igualar o nosso melhor resultado é um final de temporada fantástico! Sempre fomos fortes no final das corridas; vimos isso na Argentina e novamente neste fim de semana, talvez com mais algumas voltas pudéssemos lutar pelo 4º lugar. Mostrámos que temos o ritmo. Foi decepcionante o que aconteceu na primeira volta, quando Michael Rinaldi me ultrapassou e me empurrou para fora da pista e perdi catorze posições; isso prejudicou a nossa corrida, mas são as corridas. Obrigado a toda a equipa por nunca desistir e chegámos lá de novo! ”

Laverty passa para a BMW Motorrad em 2020, e a Goeleven ainda não confirmou a sua formação.

No entanto, Dennis Sacchetti, gestor da equipa, estava feliz com o final da temporada de 2019:

“Outra temporada chegou ao fim e, depois da corrida de hoje, continuamos a pensar o que poderíamos ter feito se o Eugene não se magoasse em Ímola? A equipa funcionou bem e conseguiu encontrar uma solução que permitiu ao Laverty andar rápido, depois do contato na primeira volta, fizemos um ótimo regresso, Eugene fez-nos ficar com o coração na garganta até a última curva!”

“Nos boxes, sentimos o cheiro da vitória como equipa independente, mas a mudança de posição com Haslam e van Der Mark no final fez-nos perder esses sete décimos decisivos. Agradeço a Eugene pelo grande final da temporada e a todo o Team Goeleven que sempre deu o seu melhor por toda a temporada de 2019.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x