SBK Austrália: Davies recupera

Por a 2 Março 2020 13:30

Três pódios de Redding para a Ducati Aruba.it em Phillip Island mostram que ainda há muito trabalho para Davies mesmo depois do forte resultado da Corrida 2…

Foi um fim de semana misto para Chaz Davies (Ducati Aruba.It). Depois de se qualificar em 16º lugar entre 18 pilotos da Corrida 1 na Tissot Superpole, lutou até ao fim para terminar em oitavo lugar. Davies não conseguiu garantir um lugar entre os nove primeiros na Tissot Superpole Race, ao terminar em 13º lugar, o que significa que começou do 15º lugar na Corrida 2.

A corrida 2 para a ronda Australiana foi onde Davies conseguiu mostrar o seu ritmo na Ducati em que o colega de equipa Scott Redding subiria ao pódio três vezes. O britânico Davies terminou em quinto lugar e manteve-se em disputa com o grupo de líderes ao longo da corrida. O resultado mostrou muitos positivos para Davies, que agora espera ansiosamente pelo resto da temporada.

Discutindo a segunda corrida do fim de semana, Davies disse: “As altas temperaturas trouxeram diferentes desafios e uma mudança de ritmo. Para mim, estava obviamente a começar muito para trás, e o importante era tentar arrancar bem, o que não aconteceu. Mas depois o grupo não se afastou muito, os rapazes estavam a controlar o ritmo na frente, o que me permitiu ficar lá.”

“O problema é que foi uma corrida muito selvagem e estavam a separar-se às vezes. Perdia 50 metros e depois tinha que usar um pouco de pneu só para voltar ao grupo. Depois acontecia outra coisa e perdia mais 20 ou 30 m, e depois tinha de queimar um pouco de borracha para voltar a colar-me ao grupo. Foi bom ver os líderes ao alcance, mas foi um fim de semana difícil. Ainda há muito em que trabalhar, não estou super feliz com o resultado, não estou super feliz com a sensação que tive por aqui. No entanto, foi bom terminar com uma nota mais positiva.”

Davies ficou satisfeito por saber que pode obter resultados mesmo quando não está completamente feliz com a moto, e isso vai dar-lhe um impulso sabendo que a moto pode chegar ao pódio, como fez com Redding de forma consistente. Mesmo sabendo que há coisas em que trabalhar para melhorar a sensação da moto para Davies, ele e a equipa podem levar positivos para o resto da temporada de SBK que segue no Qatar em 15 dias.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x