SBK 2020: Redding na “boa direcção” com a Panigale

Por a 2 Dezembro 2019 15:45

Scott Redding afirmou estar na direção certa com a afinação da sua Ducati Aruba.it, mas admitiu que ainda está a habituar-se às diferenças entre a sua Ducati do Campeonato britânico e a oficial de especificação Superbike.

O campeão da BSB de 2019 sobe para as Superbike na próxima temporada com a Ducati Aruba.it, substituindo como se sabe Álvaro Bautista, vinculado à Honda, ao lado de Chaz Davies, e completou o teste de Jerez, com dois dias de duração, com um total de 135 voltas, com um melhor tempo de 1:39.466s .

Redding concentrou os seus testes de inverno na adaptação à Ducati V4 R equipada com electrónica completa, conforme permitido pelas regras do Mundial de SBK, em comparação com o equipamento eletrónico de especificação única da BSB, além de se ir adaptando aos novos pneus da Pirelli.

O ex-piloto de MotoGP sente que foram feitos progressos claros no teste de Jerez, mas aceita que precisará de mais tempo para estar confiante e atualizado.

“Tentámos encontrar um pouco mais de aderência traseira, algo com o qual luto aqui em Jerez desde o primeiro dia, e graças ao trabalho dos técnicos da equipa no final, encontrámos algo que ajudou muito”, disse Redding. .

“Ainda não estamos onde gostaríamos de estar, mas estamos progredindo. Além de testar os novos pneus trazidos pela Pirelli, conseguimos trabalhar um pouco mais com a eletrónica, que é totalmente nova para mim na Superbike.”

“Em geral, fiquei muito feliz no final do teste, é bom ter essa ligação entre mim e a Panigale V4 R e saber em que direção trabalhar, pronto para o início da temporada de 2020”.

As Superbike entram nas férias de inverno com o resumo dos testes de pré-temporada no final de Janeiro, antes de Redding e o resto da grelha viajar para Phillip Island para o teste oficial que antecede a abertura da temporada de 2020 no circuito australiano.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png