SBK, 2020, Portimão: Gabellini reforça Honda MIE

Por a 6 Agosto 2020 16:00

Além de Álvaro Bautista e Leon Haslam da equipa de fábrica da Honda HRC, a equipa Honda MIE, Moriwaki-Althea vai utilizar mais duas Honda CBR1000RR-Rs no Campeonato do Mundo de Superbike a partir de agora.

Já em Phillip Island, no início da temporada, o piloto regular da formação Takumi Takahashi andou muito para trás. Há dias, a equipa liderada por Midori Moriwaki, competiu pela primeira vez com dois pilotos em Jerez, na segunda corrida do Campeonato do Mundo de Superbike. O suposto futuro número 1 da equipa foi o jovem Lorenzo Gabellini.

Jordi Torres deveria reforçar a equipa para o resto da temporada quando o campeonato chegasse à Europa, mas o espanhol deixou o lugar para Lorenzo Gabellini, de 20 anos, no último segundo e preferiu ir para as MotoE.

“A minha primeira corrida foi sem grandes incidentes ou problemas técnicos e, no geral, foi uma boa experiência”, garantiu o italiano vindo do CIV para a estreia no Campeonato do Mundo de Superbike, no passado fim de semana.

O homem de Rimini falhou os pontos em todas as corridas, mas foi constante em andar à frente do muito mais experiente Takahashi.

O japonese não sabia explicar porque é que a diferença para o topo era, por vezes, de mais de três segundos, mas consolou-se depois da prova de Jerez:

“Só terminámos duas provas esta temporada, vou continuar a dar o meu melhor e tentar aprender com a experiência para que possamos aumentar a prestação corrida após a corrida.”

Este fim de semana, a equipa vai estar em Portimão para o terceiro fim de semana do Campeonato do Mundo de Superbike de 2020. Takahashi garantiu o seu primeiro e único ponto no Campeonato do Mundo de Superbike, há um ano, quando assumiu o lugar do lesionado Leon Camier na equipa da Honda.

“Já estive em Portimão algumas vezes, por isso a pista não é completamente nova para mim, mas é certamente uma pista desafiadora. Queremos basear-nos no trabalho de Jerez. Esperemos que não seja tão quente, então podemos certamente obter sensações mais consistentes com a moto.”

Gabellini, que já disputou provas individuais no Campeonato do Mundo de Supersport em anos anteriores, espera mais progressos em Portugal.

“Portimão, como qualquer outra pista a que ainda iremos em 2020, será novo território para mim. Só pude ver alguns vídeos, mas não acho que vá ser um grande problema adaptar-se à pista. Esperemos que possamos encontrar rapidamente uma boa configuração para a nossa moto e lutar pelas posições nas corridas mais à frente”, disse o piloto da Honda na quarta-feira.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x