SBK 2020: Paul Denning da Yamaha Pata comenta a situação atual

Por a 27 Abril 2020 14:30

Com corridas em espera e pilotos e membros da equipa em casa, Paul Denning (Team Manager da Yamaha Pata falou sobre a relação entre os colegas de equipa da Yamaha, Michael van der Mark e Toprak Razgatlioglu, como a sensação turca Razgatlioglu se instalou na equipa e como a Yamaha tem trabalhado na situação atual.

À medida que as equipas e os pilotos se adaptam à pausa forçada, as formas de trabalhar para todos os envolvidos mudaram. Para as equipas, isto significa que só trabalho muito limitado pode ser realizado na moto, como explica Denning:

“Os chefes de boxe e os engenheiros estão sempre a estudar dados e a olhar para tudo o que podemos fazer e o desempenho da moto. Há muito tempo que se pode estudar os dados dos testes de inverno e de Phillip Island para formular eventuais melhorias.”

“Em termos de trabalho físico, recebemos as motos de Phillip Island na oficina da equipa no Reino Unido 10 dias depois da corrida e isso foi praticamente logo após o Qatar ter sido adiado. Temos tudo pronto na oficina e, pouco tempo depois, o governo do Reino Unido anunciou o seu bloqueio a negócios não essenciais e negócios de retalho e desde então as motos foram preparadas e limpas e relimpas sem ter para onde ir.”

As instalações de corrida da Yamaha em Itália acabam de abrir parcialmente esta semana – acabaram de começar a fazer algumas peças e a preparar algum material esta semana, mas mesmo assim ainda é uma oportunidade muito restrita. Todos têm trabalhado arduamente nos bastidores para que, quando voltarmos a correr, estejamos na melhor posição que podemos estar, mas para além disso, tem havido muito pouco que possamos alcançar.”

Os pilotos podem estar em contacto com a equipa durante esta epidemia e Denning tem estado em contacto com van der Mark e Razgatlioglu, que fez a mudança para a equipa Yamaha apoiada pelo fabricante para 2020.

Discutindo a chegada de Razgatlioglu, Denning disse: “Honestamente, a partir do primeiro teste foi muito fácil e relaxado. Estamos a tentar ajudá-lo a melhorar, quer seja preparação física ou para o ajudar com a organização, ter o equipamento certo no lugar certo. Foi divertido trabalhar com ele nesse lado das coisas, mas, sinceramente, a sua transição para a equipa tem sido super fácil e acho que ficou muito surpreendido com a abertura e como todos eram fáceis de acompanhar.”

Van der Mark está agora a entrar no seu quarto ano com a equipa, a que se juntou em 2017 e, com a chegada de Razgatlioglu, tem sido fundamental para dar as boas-vindas ao piloto turco à equipa. Denning explica:

“O Michael está connosco desde 2017 e mostrou melhorias incrementais todos os anos, mas cresceu realmente nesta temporada como líder de equipa de facto, com a experiência na moto. Estamos muito contentes com a forma como o Mickey fez essa transição, mas também a forma como deu as boas-vindas ao Toprak à equipa.”

“O ambiente é mesmo muito positivo, com muito boa partilha de informação e opinião, onde a moto precisa de estar em termos de fazer os próximos passos e pequenas melhorias. Não conhecia o Toprak antes de ele se juntar à equipa, mas ele tem uma personalidade muito simpática, é muito respeitoso, muito grato pelos esforços feitos por todos na equipa e no projeto, mas ao mesmo tempo tem um sentido de humor bastante calmo e ao mesmo tempo perverso. E é ótimo que ele e o Mickey se deem bem.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png