SBK, 2020: Honda revela equipa

Por a 21 Fevereiro 2020 16:30

De novo no Campeonato do Mundo de Superbike para 2020, a Honda HRC revelou as suas cores da equipa de Superbike num lançamento em Tóquio, no Japão.

O icónico fabricante japonês tem Álvaro Bautista e Leon Haslam como pilotos, e ambos já brilharam nos testes pré-época.

Agora, com as motos descobertas pela primeira vez, este é o primeiro olhar público à nova CBR1000RR-R com as suas cores para o ano.

A decoração é semelhante à da equipa de 2019 nas clássicas cores HRC de vermelho, branco e azul. Arrojado e marcante, o esquema da nova equipa de fábrica salta a vista.

A formação quer desenvolver a moto o mais rapidamente possível para ser competitiva desde o início. A Honda MIE Racing Althea também foi lançada no evento, com Takumi Takahashi em palco, enquanto o segundo piloto foi confirmado como Jordi Torres.

Falando no lançamento da equipa, Bautista disse:

Com certeza, este é um momento muito especial para mim. Fazer parte deste novo projeto é muito bom. Estou tão feliz por estar aqui no Japão, porque sempre me sinto muito acarinhado pelas pessoas daqui. Será um projeto muito bom e estamos ansiosos para começar a temporada; também vai ser difícil, pois temos de desenvolver a nova moto, mas tenho a certeza que, juntamente com a Honda, podemos atingir o nosso objetivo, que é ganhar.”

O colega de equipa Leon Haslam também fez questão de comentar, dizendo: “Fazer parte deste projeto é um sonho tornado realidade. Estar aqui em Tóquio, ver o esforço que a HRC está a fazer com a novíssima Fireblade… tenho um sorriso na cara desde as primeiras voltas que fiz e mal posso esperar para começar na Austrália na próxima semana. Conseguimos ver a moto pela primeira vez e estávamos os dois a sorrir. A emoção de todo este projeto, o aspeto da moto, pode-se ver por si mesmo, é incrível.”

A Honda como fabricante tem tido muito sucesso nas Superbike, embora a última vitória tenha sido com o falecido Nicky Hayden em Sepang em 2016.

O seu último título foi com o britânico James Toseland em 2007, mas como equipa de fábrica, não houve sucessos desde 2002 e a histórica segunda coroa mundial de Colin Edwards em Imola.

Pela primeira vez em 18 anos, a Honda está de volta como um esforço total de fábrica e está desejosa de impressionar desde a primeira ronda.

O Team Manager Jaume Colom esteve presente, afirmando-se emocionado com a nova temporada: “Estou feliz por voltar a fazer parte da Honda e da HRC. Gostaria de lhes agradecer por este projeto. É uma nova equipa, com uma nova máquina, e sabemos que

no início não é fácil, mas o nosso objetivo claro é levar a moto aos lugares cimeiros no novo futuro. Este é um novo desafio para a Honda, para os pilotos e para a equipa e vamos lutar com a nossa paixão, motivação e coragem.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png