SBK 2020: Honda mais difícil para Bautista

Por a 30 Janeiro 2020 15:00

Álvaro Bautista (Honda HRC), vice-campeão da SBK em 2019, foi ao Autódromo Internacional do Algarve para o teste final de pré-temporada antes de seguir para a Austrália para o Grande Prémio de Phillip Island em Fevereiro.

O espanhol não esteve tão proeminente como na Ducati em 2019, quando ganhou 16 corridas, mas esteve igualmente ocupado, testando novas peças para a Honda, a fim de obter dados à equipa e, portanto, uma direção no desenvolvimento da nova Fireblade.

Novas peças fundamentais estiveram a ser testadas nas motos de Haslam e Bautista, embora a equipa guardasse silêncio em relação a que itens estavam sendo testados exatamente. Bautista terminou em 15º, um pouco fora do ritmo, enquanto procurava mais alguma orientação da CBR1000RR-R.

Falando após a conclusão dos testes em Portimão, Bautista disse: “Foi um teste difícil para nós, porque em Jerez, não pudemos testar muitas coisas por causa do clima. Isso significa que em Portimão, tivemos que concentrar todo o trabalho que tínhamos planeado para quatro dias em dois.”

“Tivemos muitos itens para testar aqui, talvez acabámos por trabalhar mais dentro da boxe do que fora… Acho que temos muitos dados para desenvolvimento da moto no futuro, mas veremos no próximo teste na Austrália antes da primeira corrida.”

Bautista alcançou fama instantânea na prova Australiana do ano passado, quando se tornou o primeiro piloto na história das SBK a alcançar uma tripla, (devido ao novo formato de 3 corridas!) ao mesmo tempo que se tornou o primeiro estreante desde John Kocinski em 1996, em Misano, a marcar 100% após a primeira prova.

Continuando, o piloto de 35 anos disse: “O teste na Austrália será importante porque temos muitas informações e já temos algumas ideias para os próximos passos. Espero ter toda a direção que pedi à Honda e veremos como está o nosso nível. No momento, é mais importante obter os dados e fornecer as informações para uma maneira de progredir.”

“Estou mais focado em mim e em como me sinto na moto do que em fazer uma boa volta, mais ou menos como na última temporada, mas com certeza, a cada ano é diferente e este é um novo projeto, logo vamos ver o que irá acontecer no teste da Austrália. “

 

 

 

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x