SBK, 2020: Bautista comenta paragem

Por a 17 Março 2020 15:00

O piloto do Team HRC partilha os seus pensamentos sobre a situação atual do coronavírus, explicando como está a lidar com a rutura não programada.

Se as coisas tivessem corrido como planeado, Álvaro Bautista (Team HRC) e o resto do plantel do Mundial de Superbike World estariam a preparar-se para desembarcar em Jerez nesta fase para a primeira ronda europeia da temporada 2020.

Infelizmente, o surto Covid-19 acabou com quaisquer planos para as próximas semanas – desportivos ou outros –afetando o quotidiano de milhões de pessoas. Falando da sua casa de família em Talavera de la Reina em Espanha, o vice-campeão do Mundial de 2019 partilhou alguns minutos para nos dizer como está a lidar com a vida em confinamento.

“É uma situação muito estranha”, começa. “Nunca imaginei algo assim, estar trancado em casa por causa de um vírus. Mas no final, isto é tudo acerca de colaboração. Não depende apenas de nós mesmos; espalha-se através do contacto com outras pessoas, pelo que temos de permanecer o mais isolados possível, particularmente grupos de alto risco. É tudo muito estranho, mas a solidariedade é a única maneira de ultrapassarmos isto.”

“É claro que eu gostaria de voltar ao meu dia-a-dia normal, ou estar a correr! Mas agora a vida humana e a nossa saúde são mais importantes do que qualquer evento desportivo.”

Bautista foi forçado a rever as suas atividades diárias e, em particular, o seu regime de treino, uma situação complicada para todos os pilotos. No entanto, como diz o ditado, cada nuvem negra tem um lado positivo…

“A minha filha nasceu há pouco menos de três meses, por isso estou bastante ocupado!”, diz o espanhol. “Estamos obviamente a concentrar muita a nossa atenção nela. De uma forma estranha, toda esta situação tem um lado positivo, que é que posso desfrutar plenamente dos primeiros meses da vida da minha filha. Estou a descobrir coisas novas dela, a ver como ela aprende e cresce. Todos os dias há algo novo, por isso, neste momento, estou muito ocupado e a gostar muito.”

“Do lado da aptidão, não se pode parar. Felizmente, tenho algum equipamento em casa que me vai fazer passar por esta fase. A desvantagem é que não posso fazer nada como motocross ou supermoto, claro.”

As condições que muitos enfrentam são inéditas nos tempos modernos, com Bautista, como muitos outros, a lembrar-se dos dias dos seus avós e bisavós. “Nunca experimentei nada assim, dentro ou fora das pistas. É completamente novo para nós; talvez não para os mais idosos, que passaram por uma guerra civil e com muitos confinados às suas casas. Mas para nós, não tem precedentes. Penso que a maioria já compreendeu que temos de nos apoiar e trabalhar em conjunto.”

“Neste momento, nem estou a pensar quanto tempo isto pode durar. Claro que adoraria voltar o mais rápido possível, isso significaria que a vida voltou ao normal. Mas não estou a olhar para esta prova ou para a próxima. Vamos esperar que tudo se resolva sozinho, para nos podermos focar no lado desportivo. A vida humana é muito mais importante do que o desporto, neste momento.”

A temporada de 2020 começou de forma promissora para a Honda e o seu novo projeto, tendo em conta a fase inicial de desenvolvimento em que ainda se encontram. Bautista quer construir sobre o que conseguiram em Phillip Island.

“É uma moto nova, uma nova equipa, tudo foi montado num curto espaço de tempo, ainda nos falta experiência… Há um longo caminho a percorrer. Mas como vimos, a moto, a estrutura e a HRC têm o potencial de lutar por bons resultados. É só uma questão de tempo. Precisamos desse tempo para trabalhar e colocar tudo no lugar. Quando o fizermos e pudermos esclarecer tudo, estaremos na frente. Já estivemos na Austrália desde a primeira corrida; provámos o nosso potencial vencedor de corrida.”

“Agora, obviamente, está tudo parado… Fazíamos pequenos passos todos os dias. Estamos prontos para dar o próximo passo na evolução desta moto. Vamos ter de esperar, mas acho que vamos estar melhorados para as próximas corridas.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Mundial Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x