MotoAmerica, 2021: Loris Baz renova-se nos EUA

Por a 7 Fevereiro 2021 14:00

A anunciada partida do Francês para os Estados Unidos é parte da estratégia da Ducati de conquistar o Campeonato de SBK MotoAmerica

“A caminho dos Estados Unidos! Muito feliz por anunciar que vou participar no campeonato americano esta temporada com a equipa HSBK Racing” Loris Baz

Desde que o futuro de Loris Baz se definiu oficialmente esta semana com a confirmação da sua contratação pela Ducati para competir no campeonato de  SBK MotoAmerica, as coisas têm vindo a mudar rapidamente.

 O francês poderá fazer as suas primeiras voltas na Panigale V4R da Ducati New York ainda em Fevereiro.

Loris Baz olha para esta oportunidade, bem como para os novos desafios que vai enfrentar, como um renascimento:

“Vou conhecer a moto e os pneus no primeiro teste no final de Fevereiro. Depois vou concentrar-me em como conduzir a Ducati com os pneus novos. O nosso objetivo deve ser estar pronto para a qualificação nas corridas de sábado e domingo. »

Depois de ter andado com pneus Michelin no MotoGP até 2018, depois Pirelli no Campeonato do Mundo de Superbike em 2019 e 2020, Loris Baz trabalhará com Dunlop na MotoAmerica.

A maioria dos circuitos também será nova para ele, assim como a Ducati Panigale V4R.

 “Já andei com muitos fabricantes de motos diferentes e muitas marcas de pneus na minha carreira. Só corri um fim de semana no IDM com os Dunlop, mas isso não me preocupa. Aprender novos circuitos de corridas é o nosso trabalho, sempre foi fácil para mim. Também não conheço o V4R da Panigale, mas a Ducati está por detrás do projeto, e querem ganhar na MotoAmerica com a minha equipa!”

Antes de Baz, já o Italiano Lorenzo Zanetti tinha andado pela mesma equipa, no final da época passada, acabando sempre no pódio a caminho do 9º lugar nas séries.

Quanto às restrições impostas pelo Covid, Baz espera que sejam ultrapassáveis:

“Viajarei para os Estados Unidos para os primeiros testes no final de Fevereiro e novamente antes do início da temporada. Mas não poderei voltar à França entre corridas. Neste momento, estou a trabalhar em como evitar a quarentena nos Estados Unidos. Teremos de esperar para ver nos próximos meses se será difícil viajar de avião. A pandemia complica ainda mais as viagens. Para os atletas profissionais, no entanto, há concessões e exceções, por isso estou confiante.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoAmerica
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x