BSB, 2021: Triumph anuncia primeiro piloto nas Supersport

Por a 10 Janeiro 2021 17:00

A Dynavolt Triumph anunciou Kyle Smith como o primeiro piloto a juntar-se à equipa apoiada pela fábrica na campanha de Supersport que deverá levar a marca de volta ao Mundial

“Claro que procuraremos voltar ao Campeonato do Mundo com o Kyle em 2022.”

Simon Buckmaster

Smith não é nenhum estranho à seleção, tendo já montado pela equipa no Mundial de Supersport em 2016, desfrutando de vitórias em Assen e Losail, mais uma terceira posição em Jerez e marcando quatro voltas mais rápidas ao longo da temporada.

O piloto britânico, sedeado em Espanha, regressou à equipa durante sete corridas da série de 12 em 2018, marcando um segundo lugar em Portimão.

Ao vencer a Taça de Supersports de 2019, Smith, de 29 anos, festejou uma pole position e dois pódios com a GMT94, enquanto substituiu o lesionado Jules Cluzel no Mundial de Supersport em 2020 e disse:

“Estou muito entusiasmado por estar de volta com a PTR num projeto totalmente novo. Será emocionante estar numa época completa no Reino Unido onde, à exceção de Donington Park, nunca corri, apesar de ser inglês. Estou muito agradecido à Triumph, ao Simon (Buckmaster) e à equipa por terem contado comigo. Acho que é uma grande oportunidade e vamos ter um ano fantástico de corridas.”

Steve Sargent, diretor de produto da Triumph, disse:

“Estou muito contente por ver o Kyle a correr numa Triumph e, claro, é uma grande notícia que haverá um piloto britânico a liderar a equipa. Kyle provou o seu talento no palco mundial e será ótimo para o público britânico e os fãs da Triumph vê-lo correr no Reino Unido. Tenho a certeza que a sua experiência vai ajudar-nos a desenvolver a moto e será emocionante ver como o Kyle e a equipa progridem no campeonato britânico de Supersport 2021.”

Simon Buckmaster, diretor da Dynavolt Triumph, concluiu:

“Para nós, assinar o Kyle é uma notícia emocionante. Somos uma equipa britânica com uma moto britânica e voltamos com um piloto britânico que é bem conhecido para nós.  Sentimos que precisávamos de um piloto experiente para liderar o desenvolvimento com a nossa equipa para este novo projeto emocionante.  Kyle ganhou corridas para nós, terminou no top 5 do Campeonato do Mundo, foi o último vencedor com uma Honda e o último finalista do pódio numa Honda, tudo para nós, por isso há muita sinergia entre nós.”

“Claro que, com a sua experiência, procuraríamos voltar ao Campeonato do Mundo com o Kyle em 2022.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Britânico Superbikes
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x