Dakar 2019: Conheça os números

Por a 6 Janeiro 2019 10:49

Apesar de se tratar este ano de uma prova de um só país e de ser bem mais curta do que habitualmente, o Dakar não deixa de ser uma prova difícil para toda a caravana, que como se vai perceber nas próximas linhas, é bem extensa:

534 participantes
Apesar de se realizar pela primeira vez num só país, o Peru, e ter apenas 10 eta-pas, este ano o número de participantes é ligeiramente maior, não de equipas, mas sim de elementos que as compõem. São 1,7% mais do que os 525 partici-pantes do ano passado. Apenas 3,2% (17) são mulheres, que no entanto é a mai-or participação feminina na história do rali.

61 Nacionalidades
A caravana Dakar será uma autêntica Torre de Babel, já que dezenas de línguas diferentes irão ser faladas. Quase um terço dos países do mundo estará representado. Como sempre, os franceses estão em maioria, foi lá que nasceu o Dakar, mas há também uma grande participação de espanhóis e holandeses.

337 Veículos
O número de unidades que sairão de Lima, entre elas estão 138 motos, 96 carros, 41 camiões, 33 SSV/UTV (Side by Side, Utilitários todo-o-terreno) e 29 Quads.

5.000 Quilómetros
Distância que os participantes percorrerão nesta edição da prova que tem início e fim em Lima, no Perú, dos quais quase 3.000 Km serão cronometrados, enquanto os restantes serão seções de ligação entre as diferentes áreas de competição e os parques de assistência onde terminarão cada uma das etapas.

1.693 Metros de altitude
É a elevação acima do nível do mar da Duna Grande, a formação arenosa mais alta do Perú e a segunda do mundo, localizada perto de Nasca, e que os pilotos do Dakar terão que ‘escalar’ nas etapas que terão lugar entre as cidades de Pisco e San Juan de Marcona.

1.200 horas de televisão
É a soma do tempo das transmissões que cerca de 70 canais de televisão com alcance em 190 países irão dedicar ao Dakar, durante cada dia de competição, com uma audiência potencial, de pelo menos mil milhões de espectadores.

8 helicópteros
Serão utilizados pela organização para chegar a qualquer ponto do percurso. Dois, são para verificar o desenvolvimento do evento, três para captar as espetaculares imagens aéreas para a televisão, e outros três de assistência médica, para ajudar os pilotos, mover as motos, etc.

70.000 refeições
Distribuídas entre pequenos-almoços, almoços e jantares durante os dez dias de competição, nos diferentes campos onde será montado o bivouac do Dakar. Cerca de 3.000 pessoas viajam diariamente, entre pilotos, co-pilotos, mecânicos, engenheiros, jornalistas e pessoal da organização.

100 toneladas de resíduos sólidos
É aproximadamente a quantidade de lixo recolhido durante o rali nos acampamentos onde a caravana Dakar passa a noite e nas zonas de espectadores distribuídas ao longo de todo o percurso.

15.000 toneladas de dióxido de carbono
É a pegada ambiental que o Dakar gera todos os anos e cujos organizadores procuram compensar com doações aos projetos de conservação da Amazónia peruana, na região selva de Madre de Dios, altamente afetada pela mineração ilegal de ouro nos seus rios, e o Parque Nacional Cordilheira Azul.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas TT
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x