3ª Prova do Troféu Kawasaki ZCUP Nacional e Ibérico – Num AIA ventoso mas animado

Por a 21 Maio 2019 19:45

Depois de Jerez e Estoril, foi a vez da ZCUP rumar a Portimão onde, nesta sua 3ª ronda, reuniu o Troféu IB e o PT na 2ª ronda do CNV Moto, no AIA neste fim-de-semana de 18 e 19 de Maio.

Nesta 3ª ronda, ao reunir os pilotos que disputam os dois troféus, o IB e o PT, estiveram 14 pilotos a discutir 2 pódios em cada uma das 2 corridas: os da IB, onde constam os pilotos que se inscreveram somente para esses 4 fins-de-semana ( Jerez, Portimão 1, Estoril 2 e Aragón ), e os do Troféu PT, que reúne os pilotos que apostaram no calendário completo de 8 fins-de-semana, concorrendo estes também aos pódios do Troféu IB, nos fins-de-semana onde coincidem.

SÁBADO QUALIFICAÇÕES e 1ª CORRIDA

Sábado brindou todos os pilotos com pista seca, mas com vento forte, o que penalizou as performances e tornou as evoluções na montanha-russa do AIA, bem mais difíceis, se não um acto de coragem!

Dos 4 pilotos presentes para o troféu IB, Sardanyons sofreu uma intoxicação alimentar que o atirou para o hospital de Portimão nos dias anteriores. Apesar disso, o piloto lá reuniu forças para se qualificar e fazer a corrida de Sábado, mas uma recaída nessa noite levou-o novamente ao hospital fazendo-o desistir da 2ª corrida. Foi pena, pois só ele e Frédèric Bottoglieri, o vencedor do Troféu em 2017, mostraram ter ritmo para contestar a supremacia de Abián Santana, mas já lá vamos.

Grelha após Qualificação ZCUP e ENI-TLC

Como é já conhecido, no CNV Moto, a ZCUP disputa as suas provas partilhando a pista com o Troféu ENI/TLC incluindo a sessão de Qualificação onde, pela 4ª vez consecutiva, a seco, a pole “à geral” foi para uma Z! Desta vez foi Abián Santana (Z85) a fazer a pole entre as Zs, batendo João Curva (#54 Open ENI/TLC) por menos de 2 décimas de segundo!

No programa de corridas de Sábado, a ZCUP, em conjunto com o Troféu ENI/TLC, era a primeira corrida do dia, desta vez com 10 voltas. Com a abertura do semáforo para formação da grelha de partida, uma errada interpretação do horário, levou todos os pilotos das Zs a saírem para a pista já com o semáforo fechado! Ou seja, foram impedidos, e bem, de ocupar os seus lugares na grelha de partida, obrigando a organização a formar uma apressada e caótica grelha atrás do último qualificado no final da volta de aquecimento, ie, imediatamente antes da partida!

Depois de alguma confusão, lá foi dada a partida da Corrida 1, com João Curva e a sua R1 (Open ENI/TLC) a fazerem o holeshot, mas logo seguidos de Abián e Vicente (Z01) que, com as suas Zs, sobem 22 lugares até à 1ª curva!!

Logo a seguir, na curva 5, Abián supera João Curva aproveitando-se de um pequeno erro de travagem deste! Se os 3 primeiros completam a 1ª volta nesta ordem, Abián, João Curva e Vicente, lá atrás, o restante pelotão das Zs, liderados por José Enrique (Z55), rapidamente recupera os seus lugares naturais anulando, em poucas voltas, o incidente da partida.

Durante 5 das 10 voltas, os 3 da frente mantêm as suas posições, enquanto lá atrás, Sardanyons (Z88) supera José Enrique à 2ª volta, e Bottoglieri (Z44) sobe de 8º a 5º, superando Farias (Z21) na volta 2, e depois de uma assentada, Franco (Z22) e José Enrique, na volta 5. Nesse tempo, Pires (Z14) ultrapassa Amaral (Z10) e deixa este e Bogdanov (Z07) lutarem entre si até ao final, sendo Ricardo Almeida (#21 SBK ENI/TLC) superado por estes três.

Vilardebó (Z12) e Soares (Z53) acabam por esta ordem, atrás de Pedro Dias (#58 SBK ENI/TLC), sendo Soares o último piloto a conseguir fazer as 10 voltas da corrida. De entre os 8 pilotos dobrados, estiveram os dois novos aderentes da ZCUP, Meaude (Z24) e Fernandes (Z26), que terminaram a corrida nesta ordem, tendo Meaude conseguido superar Fernandes na 8ª volta, depois de uma boa recuperação do tempo perdido na 1ª volta.

Lá na frente, Sardanyons ultrapassa Vicente na 6ª volta, para o 2º lugar das Zs, com este a recuperar a posição na volta seguinte e a voltar a perdê-la na 8ª volta! Este duelo durou até à 10ª e última volta, conseguindo Vicente superar Sardanyons na última curva da última volta, roubando-lhe o lugar no pódio por 2 décimas de segundo (!), mas terminando ambos longe de Abián, o incontestável vencedor da corrida 1 de entre as Zs, pois a vitória à geral voltou a sorrir a João Curva.

Lá atrás, Bottoglieri supera Farias para o 5º lugar da geral (e 4º de entre as Zs) por quase nada (50 milésimas de segundo) depois de ter perdido essa posição para Farias e José Enrique na volta 7. José Enrique termina em 7º a somente 15 centésimas de segundo de Farias num duelo que entreteve estes três durante toda a corrida!

DOMINGO 2ª CORRIDA

No Domingo, com a meteorologia mais clemente, a formação da grelha para a 2ª corrida do fim-de-semana decorre sem incidentes, com todas as Zs a terem aprendido bem a lição do dia anterior, mas infelizmente, sem a presença de Sardanyons pelas razões já ditas acima.

Com os semáforos da partida a levarem mais tempo que o “normal”, Bottoglieri faz uma falsa partida, enquanto Abián arranca como uma bala e faz o holeshot, logo seguido de Vicente, José Enrique e Bottoglieri que conseguem superar João Curva! Este é separado dos seus colegas de categoria, pelas endiabradas Zs de Farias, Amaral, Franco, Pires e Bogdanov, logo na 1ª volta.

Logo na 1ª volta, Bottglieri supera José Enrique na difícil curva Craig Jones, e inicia a perseguição a Vicente ultrapassando-o à 3ª volta. Este é também ultrapassado depois por Farias e Franco na volta 5. Entretanto João Curva chega à liderança da corrida à 6ª volta, superando todos estes furiosos das Zs! Enquanto isso, lá na frente, Bottoglieri supera Abián à 6ª volta iniciando estes dois um animado duelo que Abián vence pela pequena margem de pouco mais de 0,5s!

Fim de semana perfeito para Abián que sai de Portimão com a pole e vitórias nas duas corridas, ascendendo assim à liderança do troféu ZCUP IB.

A excelente performance de Bottoglieri em pista, acaba infelizmente por não dar os frutos esperados. Devido ao falso arranque, é lhe mostrado o sinal de ride-through. Ao não poder cumprir a penalização por falta de voltas na corrida, Bottoglieri evita a desqualificação, mas é sancionado com 20s, de acordo com a alínea 7 do artigo 18 do RNV. Com esta penalização, Bottoglieri acaba por descer de 3º para 6º à geral e perder assim o 2º lugar da IB conquistado em pista. São assim as corridas.

Atrás de Vicente, trava-se um duelo sem tréguas entre José Enrique, Amaral e Pires que dura até ao final da corrida, acabando os pilotos nestas posições. Grande diversão!

Bogdanov, termina em 10º da geral sem ser molestado, enquanto Vilardebó supera Pedro Dias para o 12º lugar. De entre os 9 pilotos dobrados, Soares consegue recuperar de um erro na curva 5 da 1ª volta e subir 4 lugares, para terminar em 14º da geral, superando as Zs de Meaude e Fernandes que terminam por esta ordem, atrás de Fernando Mercier (Open ENI/TLC), 15º á geral. De realçar a evolução de Maxime que retira, em corrida, 4s ao seu tempo de qualificação! Muito bom!

Galeria de Imagens  da autoria de Schwantz Photography e Hellofoto.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Troféu ZCUP.PT
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png