SSP FP2: Sessão molhada deixa tudo igual

Por a 5 Abril 2019 15:35

O Campeonato Mundial de Supersport foi a última classe em pista sexta feira em MotorLand Aragón. Infelizmente, a chuva apareceu no final da FP2 das SBK, pelo que não houve melhoria nos tempos: Raffaele De Rosa (MV Agusta) liderou as tabelas e derrotou um grupo de Yamahas atrás dele. Atrás dele, ficou o líder do campeonato, Jules Cluzel (Yamaha GMT94). O francês espera ampliar a sua vantagem, depois de vencer a corrida na Tailândia. Completando os três primeiros, o piloto austríaco Thomas Gradinger (Kallio Racing), que continua a campanha para se tornar no primeiro austríaco no pódio das SSP.

Fora dos três primeiros, foi Federico Caricasulo (Yamaha Bardahl Evan Bros) o seguinte. O piloto italiano estava a 0,416s do primeiro, com a companhia próxima de Hikari Okubo (Kawasaki Puccetti) a apenas 0,054s de distância. O líder conjunto do campeonato, Randy Krummenacher, estava um pouco fora de ritmo na FP1, na sexta posição e a mais de meio segundo da MV Agusta F3 675 de Raffaele De Rosa.

O sétimo lugar foi disputado por Isaac Viñales (Kallio Racing), que foi o melhor piloto espanhol no final do primeiro dia de ação de SSP. O campeão de 2017, Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) foi oitavo e um segundo fora do ritmo estabelecido por De Rosa. A nona posição pertenceu a Corentin Perolari (GMT94 Yamaha).

Os três primeiros no final da sessão molhada de FP2 foram Lucas Mahias, à frente de Randy Krummenacher e Ayrton Badovini (Team Pedercini). Apesar de os tempos terem aumentado, continua a ser importante recolher dados, uma vez que o treino no molhado pode tornar-se útil se o tempo piorar no dia da corrida de domingo.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Newsletter
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png