Moto3: Primeiro dia de treinos repleto de surpresas

Por a 28 Junho 2019 23:14

As surpresas tiveram início ainda na primeira sessão de treinos livres quando Tony Arbolino subiu ao topo da tabela. O italiano tem sido acompanhado nos últimos treinos fora da pista por Jorge Lorenzo que o tem motivado de forma a conseguir obter melhores resultados. A decisão parece ter sido acertada, na medida em que para além de já ter vencido esta época, parece ter chegado motivado a Assen.

O piloto da VNE Snipers, que caiu na última corrida em Barcelona, acabaria por descer alguns lugares na tabela ao longo da primeira sessão, conseguindo fechar no nono posto, a meio segundo do líder. Na segunda sessão a situação alterou-se e Arbolino rapidamente ascendeu ao segundo lugar. Chegou a estar por várias vezes na liderança acabando por perdê-la mesmo ao cair do pano, quando Kornfeil marcou o melhor tempo. Um primeiro dia muito positivo para o italiano que termina esta sexta-feira com um segundo lugar nos tempos combinados.

Outra das grandes surpresas teve lugar ainda na primeira sessão com o rookie Ai Ogura a surpreender, com o melhor tempo. Num fim-de-semana em que a Honda celebra o seu 60º aniversário nos Grandes Prémios o piloto japonês começou a surgir no topo da tabela ainda durante a primeira metade da sessão, quando alcançou o quarto lugar. A partir de aqui foi sempre a subir até acabar por destronar Jakub Kornfeil que ocupava o topo da tabela. Esta prestação garante-lhe, por enquanto, o nono lugar nos tempos combinados das duas sessões.

Jakub Kornfeil com uma boa prestação durante os treinos livres em Assen

Kornfeil perdeu a oportunidade de liderar na primeira sessão mas na segunda não deixou escapar a oportunidade. Apesar de não ter tido ainda resultados muito positivos esta temporada, o piloto checo mostrou-se muito forte logo na FP1. Na segunda sessão de treinos livres, entrou a tirar bons tempos com alguma facilidade e foi tentando não se afastar muito dos pilotos mais rápidos. Sensivelmente a meio da sessão, o checo alcançou o topo da tabela, melhorando ainda mais o tempo da sessão anterior. Acabaria por terminar o dia com o melhor tempo da categoria.

Destaque ainda para a prestação de Aron Canet, que terminou este primeiro dia no 22º lugar. Na primeira sessão de treinos começou bastante bem, mantendo-se entre os cinco primeiros quase até ao final. Entretanto, dirigiu-se à box numa altura em que vários pilotos melhoraram o seu tempo. A poucos minutos de terminar a FP1 regressou à pista mas já não foi a tempo de retomar um bom ritmo, terminando na 21ª posição.

Teria havido tempo para recuperar na segunda sessão do dia mas o azar de Canet parecia não ter terminado ainda. Logo à saída do pit lane a moto deverá ter tipo algum problema mecânico, o que levou a que o piloto espanhol tivesse de regressar a pé de volta à box. Com o problema já resolvido, regressou à pista. Foi melhorando o seu tempo e, a certa altura, estava já com o quarto melhor tempo. Na segunda metade da sessão, Canet viu-se envolvido numa estranha queda com Alonso Lopez, o que o fez perder tempo precioso. Novamente, de regresso à box apressou-se a sair o mais rápido que conseguiu. Mais uma vez, não foi a tempo, não conseguiu melhorar o seu tempo por volta e terminou na 22ª posição.

Esta sequência de acontecimentos mantém o piloto espanhol fora da Q2 e será certamente difícil recuperar com tantos pilotos a discutir a melhor volta. Apesar de não ter estado no topo da tabela de tempos, um dos pilotos que surpreendeu esta sexta-feira foi Can Oncü. O piloto turco chegou a Assen motivado apesar da penalização de seis posições que recebeu na corrida anterior. Relembro que jovem piloto da KTM atirou ao chão três pilotos durante a ronda de Barcelona e foi, por isso mesmo, acusado de pilotagem irresponsável.

O piloto turco mostrou algumas melhorias em relação aos GPs anteriores

Depois de ter vencido a última prova de 2018, em Valência, como wild card, Oncü está este ano em Moto3 como rookie. Depois dessa prestação de tirar o chapéu as esperanças em relação ao turco eram muitas. No entanto, a temporada não lhe está a correr da melhor forma, com várias quedas a registar. Assen parece estar a ser a exceção, tendo terminado a FP1 na 16ª posição. Na segunda sessão desceu ao 17º lugar mas chegou a lutar por lugares mais altos ao longo desta FP2.

Resta saber quão importantes serão as soluções encontradas para este fim-de-semana neste primeiro dia de treinos livres, tendo em conta que amanhã a temperatura irá alterar-se significativamente. Prevê-se muito calor como consequência da onda de calor que atravessa a Europa. Estas poderão, no entanto, ser importantes para domingo, quando a temperatura deverá descer um pouco.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Newsletter
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png